Magazine Luiza compra startup de delivery de comida AiQFome

Magazine Luiza compra startup de delivery de comida AiQFome . A empresa quer transformar seu aplicativo em um superapp e passa a atuar no segmento de entregas de restaurantes.

Magazine Luiza compra startup de delivery de comida AiQFome Fonte: Olha Digital / Reprodução
Magazine Luiza compra startup de delivery de comida AiQFome

Na quinta-feira 03/09/2020, o Magazine Luiza anunciou a aquisição da AiQFome, startup de delivery de comida, com sede em Maringá, cidade paranaense. O serviço será adicionado ao aplicativo da empresa para funcionar junto da carteira digital MagaluPay e dos e-commerces da Netshoes, Zattini, Época Cosméticos e Estante Virtual.

“O objetivo é transformar o aplicativo em um superapp. Temos mais de 30 milhões de usuários ativos mensais no nosso app Magalu, e nessa estratégia temos investido em aumento de sortimento. Sabemos que o pedido de comida no delivery é cada vez mais recorrente e a aquisição do AiQFome reforça a frequência de uso”, contou Roberto Bellissimo, CFO do Magazine Luiza.

O AiQFome tem cobertura nacional e já está presente em 350 cidades, divididas em 21 estados brasileiros. Por ora, o serviço conta dois milhões de usuários cadastrados e 17 mil restaurantes parceiros. A expectativa do Magazine Luiza é expandir seu novo serviço para até 150 outras cidades até o fim do ano.

Ainda que, atualmente, a entrega final seja de responsabilidade do restaurante, Igor Remigio, CEO do AiQFome, disse que a startup está “trabalhando em um plano de logística para oferecer novas operações de entrega, mas já acreditamos ser um reforço no delivery de comida, especialmente em cidades do interior do Brasil de até 300 mil habitantes”. Posteriormente, os entregadores parceiros do AiQFome também poderão entregar outros produtos do Magazine Luiza.

A startup já movimenta R$ 700 milhões por ano e, agora, seus restaurantes cadastrados terão os serviços do Magazine Luiza, como o Magalu Pagamentos e o Magalu Entregas, a sua disposição.

“Mais do que executar nossa estratégia, acreditamos que estamos contribuindo para fortalecer o ambiente de inovação do país, formado principalmente por startups”, explicou Bellissimo. “Negócios como esse mostram ao mercado que há oportunidade de saída para os empreendedores e de ganho de escala para essas empresas”, completou.

Fonte: Exame / Olhar Digital

2+