Tag: ultimamilha

Magalu compra Sode plataforma de entregas ultrarrápidas

Magalu compra Sode plataforma de entregas ultrarrápidas . Com aquisição, Magazine Luiza vai reforçar suas entregas em menos de 1 hora, que já são feitas a partir de 140 lojas de 30 cidades. Objetivo é estar em todas as capitais em 2021. A startup de Recife conta com mil entregadores e realiza mais de 2 milhões de entregas anualmente.

Magalu compra Sode plataforma de entregas ultrarrápidas
Magalu compra Sode plataforma de entregas ultrarrápidas
Leia mais

SAMSUNG entregará celulares com drones

A Samsung anunciou que começará a fazer entregas com drones . Inicialmente, apenas os compradores da linha mais recente de aparelhos Galaxy – incluindo o S21 Ultra, o Galaxy Buds Pro, o Galaxy Tab S7, o Galaxy Assista 3 e o Galaxy A Series – terão essa experiência. A entrega vinda dos ares também estará restrita apenas a Irlanda, ou seja, por enquanto nada de entregas com drone no Brasil.

SAMSUNG entregará celulares com drones= foto Revista Mundo Logística
SAMSUNG entregará celulares com drones
Leia mais

Dachser Ibéria usa bicicletas elétricas na última milha

Dachser Ibéria usa bicicletas elétricas na última milha . A Dachser Iberia iniciou, em 2019, um projeto piloto para introduzir bicicletas de carga totalmente elétricas na rede de distribuição ibérica. O centro urbano de San Sebastián (País Basco, Espanha) foi o local escolhido para receber o projeto-piloto, que acabou por ser implementado naquela cidade, de forma permanente, há cerca de um ano.

Dachser Ibéria usa bicicletas elétricas na última milha Fpnte: Hiper Super PT
Dachser Ibéria usa bicicletas elétricas na última milha


“Começamos a recorrer à bicicleta elétrica de carga porque queríamos uma distribuição sustentável e eficiente e trabalhamos na melhor estratégia para incorporar esta alternativa de transporte nas nossas operações”, explica José Miguel Herrera, general manager north iberia da Dachser. “Agora, mais de um ano após o lançamento da fase de testes em San Sebastián – e tendo obtido resultados bastante positivos – podemos dizer que, com este novo meio de transporte, prestamos um serviço muito mais rápido e com emissões zero para a atmosfera, pelo menos no que diz respeito ao transporte na última milha”, acrescenta o responsável.

Para o caso concreto de San Sebastián, a empresa desenhou um circuito no qual, diariamente, as encomendas são transportadas, por camião, desde o armazém de Zubieta, a 12 quilómetros de San Sebastián, até ao micro-hub da empresa localizado no centro da cidade. A partir daí, as bicicletas procedem à distribuição da mercadoria na última milha. “Em termos comparativos, entre junho e dezembro de 2020, realizaram-se, em média, 600 entregas por mês, em todo o centro histórico da cidade, o que representa uma carga mensal de cerca 20 toneladas. Estes valores mostram um crescimento de 92% no que se refere às entregas e de 85% ao nível de toneladas transportadas, comparativamente ao período homólogo em 2019”.

No âmbito do projeto “City Distributition” que procura alternativas mais sustentáveis para o transporte de mercadoria “na última milha”, a Dachser tem vindo a testar a utilização de bicicletas elétricas em alguns centros urbanos de cidades europeias. Para o efeito, a empresa utiliza bicicletas de carga elétricas, equipadas com uma caixa, alocada na parte traseira, com capacidade para transportar até 250 quilos de mercadoria.

Além de contornarem engarrafamentos e outras complicações provocadas pelo trânsito, as bicicletas elétricas têm a vantagem de não possuírem restrições no acesso a determinadas zonas nos centros urbanos, como as áreas pedonais ou as ruas em que é proibida a passagem de camiões.

Comentário do Blog Rogério

Apesar do texto mencionar o tempo todo “bicicleta” pode-se ver que na verdade é um triciclo como mostra a foto. No Brasil nos anos 80 váris empresas usavam triciclos como a Toalheiro Brasil e os Correios. Só que as rodas eram maiores, a tração era manual e a caixa ficava na frente.

Fonte HiperSuper/PT

Logística ap e dp

Logística ap e dp . Os estudiosos em logística daqui a alguns anos certamente vão classificar nosso setor em ap e dp. Antes da Pandemia e e Depois da Pandemia.

Logística ap e dp
Logística ap e dp

O ano de 2020 é um marco divisor de águas do nosso segmento de atuação. Afinal houve uma inclusão digital impressionante e a mudança de hábitos com a primeira compra na internet de milhões de brasileiros que nunca tinham utilizado o comércio eletrônico em nosso país.

Leia mais

Mercado Livre compra fatia da Kangu e aquece a disputa na última milha do e-commerce

Mercado Livre compra fatia da Kangu e aquece a disputa na última milha do e-commerce . Com a fatia minoritária na startup de logística que habilita pequenos lojistas como pontos de coleta e de retirada de produtos comprados via comércio eletrônico, o grupo reduz a desvantagem em relação a rivais como Magazine Luiza e Via Varejo, que já usam suas próprias lojas como estoques avançados.

Mercado Livre compra fatia da Kangu e aquece a disputa na última milha do e-commerce Fonte: Neo Feed
Mercado Livre compra fatia da Kangu e aquece a disputa na última milha do e-commerce
Leia mais

Scout robô de entregas da Amazon chega a Georgia e ao Tennessee

Scout robô de entregas da Amazon chega a Georgia e ao Tennessee .A Amazon está expandindo seu serviço de entregas por meio de robôs, o Amazon Scout, para mais cidades nos Estados Unidos.

Scout robô de entregas da Amazon chega a Georgia e ao Tennessee
Scout robô de entregas da Amazon chega a Georgia e ao Tennessee

Em atividade desde o ano passado, essas entregas acontecem com veículos elétricos e autônomos que andam pelas calçadas da cidade.

O serviço estava em atividade na cidade de Snohomish, norte de Seattle, e Irvine, na Califórnia. Agora, os robôs estarão disponíveis em Atlanta, na Georgia, e Franklin, no Tennessee.

O conteiner com rodas tem capacidade para pequenos e medios pacotes,Possui um sistema de sensores que lhe permite evitar de esbarrar em objetos ouobstáculos no trajeto de entrega. Por enquanto é obrigatória a presença de um “embaxaidor humano”, mas no futuro se moverá sozinho.

Outras empresas estão testando equipamentos com a mesmafuncionalidade na Europa os grandes operadores logísticos como a DPD e DHL e nos Estados Unidos outras bandeiras tentam sair na frente com suas soluções de automaçãoda última milha.

No Brasil até agora apenas a empresa especializada em delivery de refeições e alimentos iFood informou que está trabalhando em um projeto para desenvolver uma solução neste sentido em parceria com a Synkar, empresa especializada em inteligência artificial. A intenção inicial era lançar este ano. O Blog chegou a divulgar a notícia através do post “iFood fará entregas com robôs autônomos em 2020” (clique aqui e leia o artigo original).

.

Fonte: Isto é Dinheiro e com informações complementares do Blog Rogério