Tag: mobilidade

Trem magnético viaja acima de 600 km/h

Trem magnético viaja acima de 600 km/h . A China mostrou um protótipo do que pode ser a sua próxima geração de trens de levitação magnética (maglev). Pesquisadores da Southwest Jiaotong University apresentaram nesta semana um maglev de 165 metros de comprimento, que passará por testes em ambiente controlado.

Trem magnético viaja acima de 600 km/h
Leia mais
+1

Origem startup que aluga motos elétricas para Ambev

Origem startup que aluga motos elétricas para Ambev . Foi com uma nova proposta para veículos elétricos que a startup Origem, de Brasília, conquistou espaço em 2020. A empresa, fundada em 2017 pelos engenheiros Diogo Lisita, Felipe Borges e Pablo Estrela, fabrica motos elétricas próprias. O diferencial é que a startup ganha dinheiro alugando os veículos, não vendendo.

Origem startup que aluga motos elétricas para Ambev
Origem startup que aluga motos elétricas para Ambev
Leia mais
+2

O que bombou no Blog em 2020 ?

O que bombou no Blog em 2020 ? Não me senti a vontade a fazer um balanço deste ano que encerra em pouco mais de 30 horas, em respeito a tanta dor e sofrimento que muitos tiveram neste inacreditável 2020. Então vou me apegar a fatos divulgados no Blog e sua repercussão e aos acessos dos internautas .

O que bombou no Blog em 2020 ?
O que bombou no Blog em 2020 ? Nuvem de Tags

Como era de se esperar Logistica e Transporte foram os assuntos que mais se destacaram ao longo do ano. Aviação também foi um tema recorrente junto e-commerce e delivery temas que tiveram destaque ao longo da pandemia.

Agora um assunto que vem ganhando espaço é o MOBILIDADE, objeto de uma “coluna” assinada pela Fernanda Goulart Leques, engenheira civil e ciclista convicta. Com base neste tema tivemos 3 posts entre os 20 mais visitados e o “post campeão” sobre os triciclos elétricos de Porto Alegre da Grilo.

Leia mais
+1

Califórnia libera startup de carros autônomos para delivery

Califórnia libera startup de carros autônomos para delivery . A Nuro, startup de entregas com carros autônomos, ganhou a primeira Licença de Uso de Veículos Autônomos da Califórnia.

Califórnia libera startup de carros autônomos para delivery A Nuro, startup de entregas com carros autônomos, ganhou a primeira Licença de Uso de Veículos Autônomos da Califórnia.
Califórnia libera startup de carros autônomos para delivery

A startup já tinha recebido a autorização para testar completamente os automóveis ainda no início de 2020, mas a nova licença permite que a empresa opere comercialmente e cobre por seus serviços, realizados com veículos que andam sozinhos pelas ruas do estado.

Em seu site, a Nuro se apresenta como especializada em transportar bens locais de forma “rápida, segura e barata” e diz que foi feita para lidar com qualquer tipo de compra — de itens de jantar a limpeza.https://4ee741a38d131eb90244f66b5c82a4f0.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

David Estrada, chefe jurídico da Nuro, disse em um post no Medium que a startup em breve irá “anunciar sua primeira implementação na Califórnia com um parceiro”. As primeiras entregas deverão ser feitas com a frota de Toyota Prius, mas a empresa também já está trabalhando para colocar seus carros elétricos personalizados, batizados de R2, nas ruas.

Inicialmente, a licença permitirá que os carros da Nuro operem nos condados de Santa Clara e San Mateo — o que significa que, sim, os veículos estarão funcionando em algumas áreas do Vale do Silício, mas não poderão ir para San Francisco ou Oakland.

A licença foi expedida pelo departamento de trânsito da Califórnia e permite que os carros circulem a, no máximo, 56 km/h em “condições climáticas ideais”. É, você não poderá pedir macarrão e vodca em noites chuvosas.https://4ee741a38d131eb90244f66b5c82a4f0.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

O anúncio acontece em um contexto no qual a empresa se esforça para se destacar no mercado de veículos autônomos. No mesmo dia em que conseguiu a licença, a Nuro anunciou a compra da Ike, uma startup voltada a caminhões autônomos.

Fonte: Gizmodo / UOL

+1

Aptera desenvolve carro elétrico solar

Aptera desenvolve carro elétrico solar. Aptera revela carro elétrico solar com autonomia de mais de 1.600 km. Modelo de três rodas e visual futurista está previsto para chegar em 2021 ao mercado americano.

Aptera tem versão com paineis solares e autonomia de mais de 1.600 km
Aptera desenvolve carro elétrico solar

A empresa americana Aptera anunciou recentemente o lançamento do seu primeiro automóvel. O  carro elétrico , com apenas três rodas, traz uma carroceria leve e aerodinâmica e pode rodar até 1.000 milhas (cerca de 1.600 km) com uma carga de bateria.

Aptera tem uma carroceria futurista com um coeficiente aerodinâmico (Cx) de apenas 0.13, permitindo ao veículo rodar quase sem gerar resistência aerodinâmica. Com 4,37 m de comprimento (a mesma medida de um Toyota Etios Sedã), tem rodas nas extremidades, o que faz com que o elétrico seja mais largo que uma picape Chevrolet S10.

O interior é minimalista. Com espaço para dois passageiros, concentra todas as informações do veículo em uma única tela sensível ao toque de 15″. Outro detalhe que favorece o desempenho impressionante do Aptera — consumo de menos de 100Wh por milha — é o baixo peso, resultado do uso de materiais compósitos no lugar do aço e a presença de apenas quatro partes estruturais.

Com tração dianteira ou integral, o Aptera atinge os 177 km/h de velocidade máxima e acelera de 0-100 km/h em pouco mais de 3,5 segundos. O elétrico será comercializado em versões com 250, 400, 600 ou até 1.000 milhas de autonomia. 

O comprador pode encomendar ainda células solares adicionais na carroceria, que garantem uma autonomia adicional de 64 milhas (103 km) por dia, além de outros itens tecnológicos como o sistema de direção semiautônomo de Nível 2 (com controlador automático de velocidade adaptativo, frenagem autônoma e assistente de manutenção em faixa).

A empresa atualmente está aceitando reservas para o modelo e as primeiras entregas estão previstas para o próximo ano. Os preços do Aptera nos Estados Unidos variam entre US$ 25.900 (cerca de R$ 132 mil) e US$ 46.900 (cerca de R$ 239 mil). Mesma faixa de preço em que estão inseridos elétricos tradicionais como o Chevrolet Bolt (que parte de US$ 37.495), Nissan Leaf (US$ 31.600) e Tesla Model 3 (US$ 30.190).

Fonte: Carros IG

0