Tag: Embraer

Ozires Silva o homem que sonhou voar o impossível

Ozires Silva o homem que sonhou voar o impossível . O voo do  impossível. O homem que acreditava no Brasil e no seu povo. Estreia nesta sexta-feira, dia 08/01/2021, o curta-metragem ‘O voo do impossível’, uma animação idealizada e produzida pela Embraer em comemoração ao aniversário do engenheiro Ozires Silva, um dos maiores ícones da indústria aeronáutica brasileira, que completa nesta data 90 anos de vida.

Ozires Silva o homem que sonhou voar o impossível
Ozires Silva o homem que sonhou voar o impossível
Leia mais
+1

Embraer e EDP parceiros em avião elétrico

 Embraer e EDP parceiros em avião elétrico . Embraer (EMBR3)  entra na briga pelo desenvovimento de aeronaves com enfoque na sustentabilidade tambem chamados de aviões carbono zero.

Embraer e EDP parceiros em avião elétrico . Foto Folha de São Paulo
Embraer e EDP parceiros em avião elétrico

A companhia brasleira informou nesta sexta-feira (20/11/20) que fez parceria com o grupo português de energia EDP para o desenvolvimento de uma aeronave de propulsão 100% elétrica que tem um primeiro voo previsto para o próximo ano (2021).

A EDP fez um “aporte financeiro para a aquisição da solução de tecnologia de armazenamento de energia e recarga do avião demonstrador de tecnologia de propulsão 100% elétrica, que utiliza um EMB-203 Ipanema como plataforma de testes”, afirmou a Embraer em comunicado à imprensa.

O valor do investimento da EDP não foi revelado, mas é importante ressaltar que o grupo empresarial português é especialista na área de energia e tem uma unidade de negócio especializada em energias renováveis.

Existe uma “corrida” dos principais fabricantes de avião mundiais como a Boeing e a Airbus na busca de aeronaves carbono zero. Então é natural que outros construtores como Embraer e Bombardier (que ainda não divulgou sua estratégia) entrem também nesta disputa,

Veja também o artigo da concorrente Airbus que anunciou o desenvolvimento de três aviões carbono zero, movidos a hidrogênio para 2035 (clique aqui para acessar o post publicado neste blog).

Fonte: Money Times

0

Embraer demite 2,5 mil funcionários no Brasil

Embraer demite 2,5 mil funcionários no Brasil. . Medida se deve aos impactos da pandemia do novo coronavírus e cancelamento da parceria com a Boeing A Embraer anunciou nesta quinta-feira (3/9/20) que deverá demitir cerca de 900 funcionários no Brasil, o que corresponde a 4,5% de seu efetivo total no país.

Embraer demite 2,5 mil funcionários no Brasil.
Embraer demite 2,5 mil funcionários no Brasil.
Leia mais
+1

Embraer atrai interesse de estrangeiros após desistência da Boeing

 Embraer atrai interesse de estrangeiros após desistência da Boeing . Fabricantes estrangeiros de aviões estão rondando a Embraer semanas após a Boeing abandonar os planos para uma combinação histórica na aviação comercial, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

mbraer atrai interesse de estrangeiros após desistência da Boeing Foto: KC-390 - Embraer
Embraer atrai interesse de estrangeiros após desistência da Boeing Foto: KC-390 – Embraer
Leia mais
+3

Airbus alerta funcionários de que precisa reduzir gastos

Airbus alerta funcionários de que precisa reduzir gastos  .O diretor-executivo da Airbus, Guillaume Faury, alertou os funcionários que a fabricante de aviões está “gastando muito dinheiro” e precisa reduzir rapidamente os custos para se adaptar a uma indústria aeroespacial radicalmente atingida pela pandemia de coronavírus.

Airbus alerta funcionários de que precisa reduzir gastos
Airbus alerta funcionários de que precisa reduzir gastos 
Leia mais
+1

Cinco aéreas da China operam 90 Embraer 190

Cinco companhias aéreas da China operam 90 Embraer 190 . Cerca de um sexto dos 565 aparelhos deste modelo construídos e já entregues pela empresa brasileira, segundo o comunicado relativo à actividade da empresa no terceiro trimestre de 2019.

Cinco aéreas da China operam 90 Embraer 190
Cinco aéreas da China operam 90 Embraer 190


As companhias aéreas em questão são a China Southern, que opera 20 aviões deste modelo, a Guizhou/Colourful com nove, a Hainan com 50, a Hebei com seis e a KunPeng com cinco.

O comunicado da Empresa Brasileira de Aeronáutica adianta que a companhia Hainan opera 20 aviões do modelo Embraer 195 e que o Banco Comercial e Industrial da China encomendou 10 aparelhos do modelo Embraer 190-E2, não tendo ainda recebido nenhum.

A empresa procedeu à entrega de 44 aviões no decurso do terceiro trimestre de 2019, dos quais 17 no segmento de aviação comercial e 27 no segmento executivo, de que 15 eram leves e 12 grandes.
A maior parte dos aviões entregues para o segmento da aviação comercial era do modelo Embraer 175, com 13 unidades, tendo.

Leia também Embraer reajusta produção após fim do acordo com a Boeing (clique aqui para acessar o artigo) e Embraer lança o seu novo avião E175-E2 (clique aqui para ver o post)

+2