Tag: aluguel

Startup de logística Mottu atrai fundos em nova rodada

Startup de logística Mottu atrai fundos em nova rodada . Com o desemprego atingindo um pico histórico de 14% no Brasil, a startup Mottu atraiu o interesse de um grupo de investidores globais e bilionários para uma rodada Series A que visa acelerar seu plano de negócios focado em atender às necessidades dos trabalhadores da gig economy.

Startup de logística Mottu atrai fundos em nova rodada Fonte Forbes
Startup de logística Mottu atrai fundos em nova rodada
Leia mais
+2

Origem startup que aluga motos elétricas para Ambev

Origem startup que aluga motos elétricas para Ambev . Foi com uma nova proposta para veículos elétricos que a startup Origem, de Brasília, conquistou espaço em 2020. A empresa, fundada em 2017 pelos engenheiros Diogo Lisita, Felipe Borges e Pablo Estrela, fabrica motos elétricas próprias. O diferencial é que a startup ganha dinheiro alugando os veículos, não vendendo.

Origem startup que aluga motos elétricas para Ambev
Origem startup que aluga motos elétricas para Ambev
Leia mais
+2

iFood aluga bicicletas elétricas para entregadores em SP

iFood aluga bicicletas elétricas para entregadores em SP O iFood, aplicativo de entrega de comida, começou a alugar bicicletas elétricas para entregadores na cidade de São Paulo, além de mediar o aluguel de bicicletas públicas convencionais. A empresa também abriu um espaço de apoio para os ciclistas que trabalham para a plataforma.

iFood aluga bicicletas elétricas para entregadores em SP - Foto: Folah de São Paulo
iFood aluga bicicletas elétricas para entregadores em SP
Leia mais
+1

Aplicativo Cabify investe em bicicletas em Madrid

Aplicativo Cabify investe em bicicletas em Madrid . Cabify teve seu movimento significativamente com toda a crise gerada pela pandemia do novo Coronavirus o Covid-19. Afinal a interrupção do turismo, da vida noturna como shows, peças de teatro cinema e funcionamento de bares e restaurantes e da economia em geral teve uma redução significativa em suas viagens e corridas.

Aplicativo Cabify investe em bicicletas em Madrid Foto: El Economista
Aplicativo Cabify investe em bicicletas em Madrid

A referida plataformar de veículos lançou um novo app “Bive” para oferecer um serviço a aos usuarios que escolheram a bicicleta para moverse pela cidade de Madrid.

A opção pela bicleta ganhou relevância durante o confinamento. Cabify explica que a demanda por bicicletas disparou até porque a produção de veículos automotores foram suspensas e faltam no mercado muitas autopeças para reparo de automóveis. Nesta primeira fase de lançamento do Bive o serviço está disponível somente na capital espanhola.

Bive oferece tres tipos de serviço aos ciclistas urbanos: um gratis y dois pagos.O gratuito limita o uso do app a elaboração do melhor caminho de bike para chegar ao destino, a localização de estacionamentos públicos para bicicletas e o cálculo das calorías consumidas durante o percurso.

O modelo de assinatura básica oferece serviços como um seguro de responsabilidade civil ou asistência durante viagem, que não são obrigatórios para usar a bike, manutenção delas em uma rede de oficinas credenciadas para consertar pneus furados por exemplo. e vários descontos en todos os serviços da Cabify e da app Movo de comportilhamente motos, por ejemplo. Assinatura custa 14,99 euros mensais.

Já o serviço premium “Bive Plus Premium” custa a partir de 44,99 euros mensais inclui o aluguel de uma bicicleta con a opção a compra ao final do contrato. Uma espécie de leasing com opção de compra..

Cabify celebrou um acordo com várias oficinas para fazer a manutenção das bike abriu uma loja de bicicletas na rua Alberto Aguilera com venda de modelos que variam de 650 a pouco mais de 1.400 euros, que podem ser adquiridas através do app.

Na fase inicial, o app, do Cabify somente estacionamentos públicos, mas estão em avaliação acordo com operadores privados para ampliar as opções.

Mobilidade em ritmo lento

Durante a primeira semana de setembro foram contabilizadas uma media de 5,8 milhões de viagens diarias, uma redução de 36 % comparando com o mesmo perído do ano passado.2019.

O modo de transporte máis usado pelas pessoas em Madrid é veículo privado (42,3 %), que cresceu sete pontos, comparativamente ao mesmo período de 2019. Seguem as bikes e outros veículos de mobilidade urbana (32,6 %), que subiram quatro pontos e por último, o transporte público (25 %), cujo uso foi reduzido 11 pontos, considerando o mesmo perído do ano passado..

Leia também Travessia em duas rodas para entender a paixão que as magrelas despertam nas pessoas (clique aqui para acessar o artigo)

Fonte: El Economista.

+2