Airbus revela 3 aviões movidos a hidrogênio para 2035

Airbus revela 3 aviões movidos a hidrogênio para 2035 . A Airbus revelou nesta segunda-feira, 21/09/2020, três projetos para a primeira aeronave comercial com emissão zero de carbono (CO2). A empresa europeia apresentou três conceitos bem diversificados, todos elétricos movidos a hidrogênio e nomeados “ZEROe”, referentes à “zero emissões” de poluentes. 

Airbus Conceito ZEROe Formação
Airbus revela 3 aviões movidos a hidrogênio para 2035

“Este é um momento histórico para o setor de aviação comercial como um todo e pretendemos ser protagonistas na mais importante transição que este setor já viu. Os conceitos que revelamos hoje oferecem ao mundo um vislumbre de nossa ambição de conduzir uma visão ousada para o futuro dos voos com emissão zero”, disse Guillaume Faury, CEO da Airbus. Airbus SE’s ZEROe. 

Os projetos Zeroe

O primeiro apresentado é o de um turborreator. Segundo Guillaume Faury, será possível comportar de 120 a 200 passageiros – o equivalente a um A220 ou um A320 – além de ter uma autonomia de mais de 3.500 km.

O segundo conceito é um avião de alcance regional turboélice que poderia percorrer até 1.800 km e levar 100 passageiros.

Já, o terceiro, seria uma asa em V com capacidade e autonomia semelhantes ao conceito do turborreator.

A previsão da Airbus é de que as aeronaves possam chegar ao mercado, em 2035.

A fabricante européia tenta inovar mescando tecnologias que permitam melhor aerodinâmica e uso de energia limpa de forma a dar melhor performance às aeronaves e gerar redução na emissão de gases poluentes.

Leia também o artigo Airbus de corpo e asas fixas (clique aqui para ler o artigo completo)

Fonte: Tecmundo

0