A diferença entre o Céu e o Inferno

A diferença entre o Céu e o Inferno. Mais uma fábula que pode ser adaptada ao mundo corporativo. Certo dia, um violento samurai  procurou um sábio monge, pois queria aprender sobre o céu e o inferno.

A diferença entre o Céu e o Inferno - Fermanda Tomaz
A diferença entre o Céu e o Inferno – O samurai e o monge

O pequeno monge olhou para o samurai e, simulando desprezo, lhe disse:

– Eu não poderia ensinar-lhe coisa alguma, você está imundo, cheira mal e a lâmina da sua espada está enferrujada. Você é uma vergonha para a sua classe.

O samurai enfurecido não disse uma palavra, tamanha a sua raiva. Empunhou a espada e se preparou para decapitar o monge, quando… 

– Disse-lhe o sábio mansamente: “Aí começa o inferno”.

O samurai ficou imóvel. A sabedoria do mongo o impressionara. Abaixou lentamente a espada e agradeceu pelo valioso ensinamento. 

Passado algum tempo o samurai, o samurai pediu humildemente ao monge que lhe perdoasse e percebendo seu pedido era sincero, o monge lhe falou:

– “Aí começa o céu”. 

Aprendizado: Tanto o céu quanto o inferno são estados da alma, que dependem das nossas decisões. Poderemos optar por abismos ou pontes que nos possibilite uma solução feliz. A decisão é nossa

Leia também O monge e o escorpião (clique aqui para acessar o artigo)

Fonte:

2+