Grilo inova com transporte zero carbono em Porto Alegre

Grilo inova com transporte zero carbono em Porto Alegre . Uma nova realidade para a mobilidade em Porto Alegre com o uso de triciclos elétricos

Esse último sábado (11/07/2020), foi um grande marco da mobilidade urbana para a capital gaúcha, com a chegada da Grilo, que propõe não só um novo jeito de se mover, mas também um novo jeito de pensar. Tá, mas afinal de contas, o que é Grilo?

Grilo inova com transporte zero carbono em Porto Alegre . Uma nova realidade para a mobilidade em Porto Alegre com o uso de triciclos elétricos
Grilo inova com transporte zero carbono em Porto Alegre

É uma plataforma digital de mobilidade urbana e de mídia que conecta, através de um aplicativo, passageiros a veículos 100% elétricos, com condutores credenciados. Permitindo Pulos, que são corridas de curta distância, no bairro Moinhos de Vento e arredores.

Os triciclos verdes possuem uma bateria de lítio, a mesma usada nos nossos celulares, tem uma autonomia de bateria de 150 km e atingem uma velocidade máxima de 50km/h. Por serem 100% elétricos, garantem uma redução da poluição sonora, das emissões de CO2 e do volume de veículos nas ruas, já que são 40% menores do que um carro popular. Além de ser uma opção sustentável de transporte, o Grilo possui amplas portas e piso próximo ao solo, facilitando a acessibilidade e o embarque, principalmente, para idosos e pessoas com dificuldade de locomoção.

A inspiração para a criação do modelo foram os tuk tuks, utilizados no transporte público no continente asiático, mas, a grande diferença, além de serem elétricos, é o fato dos Grilos possuírem a cabine fechada, o que promove maior segurança e conforto aos usuários. Os veículos de 3 rodas comportam um condutor e dois passageiros, além disso, animais de estimação também são bem-vindos nesses veículos.

Durante a pandemia, a empresa fará “Pulos do bem”, ou seja, corridas solidárias gratuitas para levar doações à ONG Cozinheiros do Bem e coletas ou envios para as pessoas do grupo de risco do coronavírus. Quem quiser doar para a ONG Cozinheiros do Bem ou precisar fazer alguma coleta, pode chamar um Grilo gratuitamente, das 9h às 18h, basta baixar o aplicativo Grilo Mobilidade, disponível para IOS e Android, e fazer a solicitação de corrida.

Outro diferencial da empresa é a higienização e cuidados especiais, em função do Covid-19. Há uma higienização diária e um protocolo de limpeza para as superfícies de contato, como trincos, bancos, cintos de segurança, feita a cada Pulo. Os motoristas do veículo de três rodas usam máscara e tem à disposição álcool gel em todas as viagens.

Assim que o contágio do coronavírus reduzir na cidade, o intuito é que o transporte seja ampliado para que a população porto-alegrense comece a se locomover com esse veículo inovador. Atualmente, a frota é composta por 18 veículos, com planos de expansão. No futuro, a ideia é que os Grilos circulem por mais bairros em Porto Alegre, ampliando os raios dos Pulos.

O Grilo funciona como os demais aplicativos de carros, com motoristas credenciados, que devem possuir habilitação AB, já que a frenagem é semelhante à moto, que irão atender às chamadas dos usuários. Há uma seleção criteriosa para credenciar os motoristas, onde a empresa busca perfis que estejam em acordo com os valores da empresa de ética, igualdade, sustentabilidade, felicidade e empatia. Os motoristas são remunerados proporcionalmente às corridas que, neste primeiro momento, serão subsidiados pela empresa e, posteriormente, pelos passageiros que utilizarem o aplicativo, com pagamento feito através do cartão de crédito. E a distinção em relação aos outros aplicativos de transporte é que o custo do veículo e de operação do mesmo ficam com a Grilo.

Em muitas cidades metropolitanas mundiais, estima-se que boa parte das viagens de deslocamento são curtas, com menos de cinco quilômetros. Porto Alegre, por exemplo, segundo pesquisa da Moovit, é a segunda capital brasileira com as menores distâncias percorridas pelo transporte público, chegando a uma viagem média de 7,8 quilômetros. E em Estocolmo, cerca de 17% das viagens anuais são feitas de carro ou de táxi, representando 60 milhões de viagens por ano. A empresa sueca Bzzt, que conta com um serviço tipo táxi, semelhante à Grilo, com triciclos elétricos, o qual é mais econômico do que usar o ônibus, recebeu o apoio financeiro da agência Sueca de energia para o desenvolvimento da operação, tecnologia e software da empresa, visando uma expansão mundial. E ainda em Estocolmo existe a Bolt Food, concorrente da Uber Eats, que utiliza os serviços da Bzzt, para fazer entregas de comida. Ainda uma curiosidade, em particular, sobre a Bzzt, há um trabalho na empresa em destacar mulheres no setor de transporte, este que é dominado por homens, onde a maioria das motoristas são mulheres.

O início da Grilo em Porto Alegre é um grande avanço para um novo olhar sobre a mobilidade urbana no Brasil, com um veículo inovador, sustentável, seguro, e que possui grande acessibilidade, e a capital gaúcha é a pioneira, sendo a primeira das sete capitais que aspiram ter Grilos circulando pelas ruas. 

Leia também: Leia também: A Bicicleta nesses Tempos tão Difíceis (clique aqui para acessar o post) e Travessia em duas rodas (clique aqui para ler o artigo completo)

Autora Fernanda Goulart Leques, engenheira civil e ciclista é a responsável pela nova “coluna” deste Blog sobre Mobilidade Urbana

6+