Xícara de café

Xícara de café Tu vais andando com a tua xícara de café… E de repente alguém te empurra fazendo com que tu derrames café por todo o lado.

Xícara de café . Uma fábula corporativa sobre a vida interior
Xícara de café

Por que tu derramaste o café? Porque alguém me empurrou!

Resposta errada!

Derramaste o café porque tu tinhas café na caneca. Se tivesse chá… Tu terias derramado chá. O que tu tiveres na xícara é o que vai se derramar. Portanto… Quando a vida te sacode o que tiveres dentro de ti… Tu vais derramar.

Tu podes ir pela vida fingindo que a tua caneca é cheia de virtudes, mas quando a vida te empurrar, tu vais derramar o que na verdade existir no teu interior. 

Sempre sai a verdade à luz.

Então, terás que perguntar a si mesmo. O que há na minha caneca? Quando a vida ficar difícil… O que eu vou derramar?

Alegria… Agradecimento… Paz… Bondade… Humildade?

Ou bronca… Amargura… Palavras ou reações duras?

Tu escolhes! Xícara de café , ressentimento ou gratidão? Agora… Trabalha em encher a tua caneca com gratidão… Perdão… Alegria… Palavras positivas e amáveis… Generosidade… E amor para os outros.

O que estiver na tua caneca, tu és o responsável. E olha que a vida sacode.  Sacode mais vezes do que podemos imaginar…

Moral da estória ? Você é protagonista de sua vida. Construa à sua volta um ambiente de respeito, solidariedade e amor ao próximo, em algum momento você receberá de volta exatamente este tipo de sentimento, Alguns falam da lei de retorno. Dependendo de suas crenças chamamos de formas diferentes mas a sua essência é a mesma!

Xícaras Autor desconhecido

3+