Sapo e a panela fervendo

Sapo e a panela fervendo . Uma fábula corporativa.Você deve ter lido diversos artigos publicados em redes sociais, incluindo o LiinkedIn sobre clima organizacional e colaboradores “tóxicos” que acabam “envenenando o seu ambiente de trabalho?

O Sapo e a panela com água fervendo, uma fábula corporativa
Sapo e a panela fervendo

E a que a indiferença da maioria da equipe e a omissão das lideranças contribuem para que estas pessoas contaminem de tal forma que o clima fica absolutamente insustentável abalando a produtividade do time e levando muitos de seus integrantes a pedir para sair do setor ou da própria empresa?

Aproveito o que o assunto está atual para voltar às fábulas corporativas.

Você sabia que se colocar um sapo vivo em uma panela com água e começar a esquentá-la, ele não consegue perceber que água está ficando quente? Desta forma, ele acaba morrendo por não perceber o aumento da temperatura.

Se por outro lado, você primeiro colocar a panela com água para ferver e jogar o sapo dentro, ele sente que a água está quente e tenta pular fora, desta forma acaba se safando da cilada.

Fazendo uma analogia com o mundo corporativo, às vezes não reagimos como sapos?

O clima organizacional vai degradando e você que está dentro do ambiente não percebe os sinais de stress e de baixa produtividade que a equipe está enfrentando. Se você for o líder, piorou a situação! Afinal, sua equipe tem confiança que você está fazendo a leitura correta dos sintomas e encontrará a melhor saída! Ora se você não percebe que existem situações que estão prejudicando o desempenho do time pode acontecer duas coisas:

  1. Parte do time faz como o “02” de Tropa de Elite e “Pede para sair!”;
  2. Os resultados são tão desastrosos que o seu chefe pede para você sair e o pior, você não é o verdadeiro culpado pelo que ocorreu!

Por outro lado, quando você é transferido para um setor que está com problemas, sejam eles diagnosticados ou não, você entra precavido, respeitando o desconhecido.

Avaliando o ambiente permanentemente, você acaba se antecipando aos problemas. A cada situação problemática, de imediato já tenta adotar a medida corretiva e não deixa a situação sair de controle.

Neste caso, você se comporta como o sapo jogado na panela com água fervendo. Você pula de imediato e não se deixa envolver pelo clima organizacional desajustado ou tóxico.

Lembre-se do sapo e não se acomode. Faça a leitura do clima organizacional adequado.

Tenha atitude no timing certo!

Opcionalmente você pode assistir o vídeo sobe este assunto no Canal do Youtube do Blog do Rogério:

3+