Pense: o que te move?

Pense: o que te move? Tenho muitos anos no mercado de logística especialmente na distribuição da última milha. Aliás décadas…

Pense: o que te move?

No sábado passado , visitando uma unidade de distribuição, um colega que começou este ano a fazer trabalho de campo viu o brilho nos meus olhos solucionando um caso de uma Cliente. Ele em seguida comentou comigo “Ah, agora eu entendo como é apaixonante trabalhar em logística!”

Comecei cedo na área de operações de distribuição, ao 23 anos de idade para ser mais preciso,  junto com muitos colegas recém formados.

Mas com o passar dos anos, muitos de meus  colegas migraram para as áreas administrativas. 

Eu não. Sempre achei que atividade fim de uma organização é o melhor lugar para se estar. 

E permaneci na operação, percorrendo todos níveis hierárquicos desde o tático ao estratégico, mas sempre com um “pé no chão de fábrica”. Afinal é ali que as coisas acontecem.

Costumo dizer que tenho um milhão de motivos para não levantar da cama todos os dias, mas eu tenho um que me faz acordar muiiitoooo cedo e correr atrás dos meus objetivos:

Eu amo o que faço. 

Eu escolhi uma atividade que para muitos é um suplício e para mim é pura satisfação!

E contigo? Pense, o que te move?

Já parou para pensar? Aproveite o final de ano e reflita seriamente sobre este tema. 

Mas apenas fazer o que se gosta não é tudo. É preciso ter sentido. Gerar frutos, ter consequências e benefícios pessoais, para a família e a sociedade, para o planeta…

Eu procuro focar sempre nos resultados. De forma objetiva. Em termos de Qualidade e Produtividade. Reduzir custos e agregar valor aos Clientes. 

 Em 2020 vá fundo na busca de seus objetivos. E se você não está feliz, mude! Sempre é tempo de recomeçar! 

Feliz Ano Novo!

13+