AliExpress reforça estratégia no Brasil com avião próprio e ‘influencers’

AliExpress reforça estratégia no Brasil com avião próprio e ‘influencers’ . Toda semana, três aviões dos grandes, como o Boeing 747, saem da China para o Brasil lotados só de encomendas de usuários do AliExpress, o maior marketplace (shopping virtual) do planeta.

AliExpress reforça estratégia no Brasil com avião próprio e ‘influencers’
Leia mais
1+

Rappi capta mais de US$300MM em nova rodada de investimentos

Rappi capta mais de US$300MM em nova rodada de investimentos . Com a injeção de capital, a companhia já arrecadou mais de 1,7 bilhão de dólares e intensifica a disputa no mercado da América Latina . A Rappi levantou mais de 300 milhões de dólares em uma nova rodada de captação que contou com a participação de fundos internacionais, como o americano T. Rowe Price Associates.

Rappi capta mais de US$300MM em nova rodada de investimentos
Rappi capta mais de US$300MM em nova rodada de investimentos

Com o novo aporte, a plataforma colombiana que atua com a entrega de refeições, itens de supermercado e até compras em farmácias e petshops, já captou mais de 1,7 bilhão de dólares.

A notícia foi divulgada inicialmente pela agência de notícias Reuters, que lembrou que a companhia havia informado, no dia 18 de setembro, em comunicado para a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) a intenção de captar 350 milhões de dólares em uma nova rodada de investimento

O valor exato do investimento e os nomes de todos os envolvidos no aporte ainda não foram divulgados. Em nota, a companhia apenas confirmou que o valor é superior a 300 milhões de dólares. e citou a participação do fundo T. Rowe Price Associates.

“É uma grande satisfação trabalhar com este time de investidores que confia no nosso modelo de crescimento”, informou a Rappi em um comunicado enviado à EXAME. A companhia não especificou o que pretende fazer com o dinheiro captado, mas a expectativa é que o valor seja revertido para impulsionar os negócios nos nove países em que a companhia atua na América Latina.

De certo é que a mais nova injeção de capital na operação da Rappi dá ainda mais fôlego para a empresa na disputa pelo mercado brasileiro. No Brasil, a companhia tem como principais rivais o iFood, da Movile, também avaliado em mais de 1 bilhão de dólares, e o Uber Eats. A Rappi, porém, oferece um leque maior de opções em sua plataforma do que suas concorrentes.

Nos últimos meses, a companhia passou a investir mais na diversificação de serviços ofertados dentro de sua plataforma. Com o objetivo de se transformar em um superaplicativo, a Rappi adicionou o streaming de lives (com compras embutidas) e a venda de passagens dentro do aplicativo.

Fundada em Bogotá, na Colômbia, ainda em 2015 por Felipe Villamarin, Sebastian Mejia e Simon Borrero, a Rappi alcançou o status de unicórnio ainda em 2018. No fim de junho, a companhia estava avaliada em 3,5 bilhões de dólares, acordo com a consultoria alemã Statista. Com mais um aporte, a Rappi deve aumentar seu valor de mercado

Leia também Inteligência de Mercado da Rappi (clique aqui para ler o artigo)

Fonte: Exame.com

2+

Venda dos Correios pode levantar R$ 15 bilhões em 2021

Venda dos Correios pode levantar R$ 15 bilhões em 2021 .

Os Correios podem ser vendidos por até R$ 15 bilhões. Essa é a estimativa do ministro das Comunicações, Fábio Faria. Em entrevista à Bloomberg, o ministro disse que a privatização da estatal está em fase final, e o projeto será encaminhado ao Congresso até o fim do ano.

Venda dos Correios pode levantar R$ 15 bilhões em 2021.
Venda dos Correios pode levantar R$ 15 bilhões em 2021
Leia mais
1+

Localiza e Unidas anunciam união de operações

Localiza e Unidas anunciam união de operações . As locadoras de automóveis Localiza e Unidas anunciaram nesta quarta-feira (23/09/20) que pretendem unir suas operações. O anúncio da fusão ainda depende de aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica.

Localiza e Unidas anunciam união de operações
Localiza e Unidas anunciam união de operações
Leia mais
1+

Airbus revela 3 aviões movidos a hidrogênio para 2035

Airbus revela 3 aviões movidos a hidrogênio para 2035 . A Airbus revelou nesta segunda-feira, 21/09/2020, três projetos para a primeira aeronave comercial com emissão zero de carbono (CO2). A empresa europeia apresentou três conceitos bem diversificados, todos elétricos movidos a hidrogênio e nomeados “ZEROe”, referentes à “zero emissões” de poluentes. 

Airbus Conceito ZEROe Formação
Airbus revela 3 aviões movidos a hidrogênio para 2035
Leia mais
0

Privatização dos Correios atrai cinco gigantes da logística

Privatização dos Correios atrai cinco gigantes da logística. Nesta quinta-feira (17), o ministro das comunicações, Fábio Faria, afirmou que há um cinco empresas interessadas na compra dos serviços postais dos Correios. De acordo com ele, dentre elas estão a Amazon, Magazine Luiza, DHL e FedEx. A informação foi divulgada durante uma live para o Traders Club.

Privatização dos Correios atrai cinco gigantes da logística
Privatização dos Correios atrai cinco gigantes da logística
Leia mais
1+

Aplicativo Cabify investe em bicicletas em Madrid

Aplicativo Cabify investe em bicicletas em Madrid . Cabify teve seu movimento significativamente com toda a crise gerada pela pandemia do novo Coronavirus o Covid-19. Afinal a interrupção do turismo, da vida noturna como shows, peças de teatro cinema e funcionamento de bares e restaurantes e da economia em geral teve uma redução significativa em suas viagens e corridas.

Aplicativo Cabify investe em bicicletas em Madrid Foto: El Economista
Aplicativo Cabify investe em bicicletas em Madrid

A referida plataformar de veículos lançou um novo app “Bive” para oferecer um serviço a aos usuarios que escolheram a bicicleta para moverse pela cidade de Madrid.

A opção pela bicleta ganhou relevância durante o confinamento. Cabify explica que a demanda por bicicletas disparou até porque a produção de veículos automotores foram suspensas e faltam no mercado muitas autopeças para reparo de automóveis. Nesta primeira fase de lançamento do Bive o serviço está disponível somente na capital espanhola.

Bive oferece tres tipos de serviço aos ciclistas urbanos: um gratis y dois pagos.O gratuito limita o uso do app a elaboração do melhor caminho de bike para chegar ao destino, a localização de estacionamentos públicos para bicicletas e o cálculo das calorías consumidas durante o percurso.

O modelo de assinatura básica oferece serviços como um seguro de responsabilidade civil ou asistência durante viagem, que não são obrigatórios para usar a bike, manutenção delas em uma rede de oficinas credenciadas para consertar pneus furados por exemplo. e vários descontos en todos os serviços da Cabify e da app Movo de comportilhamente motos, por ejemplo. Assinatura custa 14,99 euros mensais.

Já o serviço premium “Bive Plus Premium” custa a partir de 44,99 euros mensais inclui o aluguel de uma bicicleta con a opção a compra ao final do contrato. Uma espécie de leasing com opção de compra..

Cabify celebrou um acordo com várias oficinas para fazer a manutenção das bike abriu uma loja de bicicletas na rua Alberto Aguilera com venda de modelos que variam de 650 a pouco mais de 1.400 euros, que podem ser adquiridas através do app.

Na fase inicial, o app, do Cabify somente estacionamentos públicos, mas estão em avaliação acordo com operadores privados para ampliar as opções.

Mobilidade em ritmo lento

Durante a primeira semana de setembro foram contabilizadas uma media de 5,8 milhões de viagens diarias, uma redução de 36 % comparando com o mesmo perído do ano passado.2019.

O modo de transporte máis usado pelas pessoas em Madrid é veículo privado (42,3 %), que cresceu sete pontos, comparativamente ao mesmo período de 2019. Seguem as bikes e outros veículos de mobilidade urbana (32,6 %), que subiram quatro pontos e por último, o transporte público (25 %), cujo uso foi reduzido 11 pontos, considerando o mesmo perído do ano passado..

Leia também Travessia em duas rodas para entender a paixão que as magrelas despertam nas pessoas (clique aqui para acessar o artigo)

Fonte: El Economista.

2+

Navio movido a energia eólica transportará 7 mil carros

Navio movido a energia eólica transportará 7 mil carros . Um consórcio sueco formado pelo KTH Royal Insititute of Technology, de Estocolmo, a consultoria marítima SSPA, e sob a supervisão dos designers de navios da companhia Wallenius Marine, desenvolveu o Wind Powered Car Carrier (wPCC), um cargueiro transatlântico movido a energia eólica.

Navio movido a energia eólica transportará 7 mil carros
Navio movido a energia eólica transportará 7 mil carros

Enquanto o segmento de veículos elétricos para usuários finais tem registrado forte crescimento nos últimos anos, no mundo comercial, ele não deu grandes saltos, principalmente quando falamos de transporte marítimo.

Navios elétricos não são uma abordagem muito próxima de carros elétricos, uma vez que o peso das baterias teria muito mais relevância no mar do que na terra. Por isso, ao invés de usar baterias, o wPCC usa “velas” que são impulsionadas pela força do vento, transmitindo o impulso para o casco, exatamente como faz um barco veleiro.

Até 90% mais limpo que navios comuns

O wPCC é um pouco mais curto que um navio contêiner de porte médio, mas é muito mais alto, devido às velas. Ele tem 200 metros de comprimento, 40 metros de largura e 100 metros de altura, sendo 20 metros do navio em si e mais 80 metros das velas.

Por razões de segurança e para entrar e sair do porto, o cargueiro terá motores adicionais, que deverão ser elétricos, a fim de manter seu aspecto sustentável.

Por falar em sustentabilidade, o wPCC será capaz de transportar até 7 mil veículos, emitindo até 90% menos gases que um navio movido a combustíveis fósseis de mesmo porte.

O wPCC está previsto para começar a operar em 2024, e, por enquanto, só tem uma desvantagem em relação às embarcações que usam energia não-renovável: ele deverá levar 12 dias para atravessar o Atlântico, quase o dobro do tempo necessário para um navio comum, que cruza o oceano em sete dias.

Fonte: Tecmundo e LinkedIn do Márcio H.

1+

7 livros inesquecíveis – Administração do Tempo

7 livros inesquecíveis – Administração do Tempo .Produza Mais e Seja Feliz. Quando decidi escrever este livro não tinha idéia dos desafios do mercado editorial. Se, saber como o mercado editorial funcionava consultei algumas editoras. Não tive resposta de nenhuma delas. Resolvi então fazer uma edição independente.

7 livros inesquecíveis - Administração do Tempo - Produza Mais Seja Feliz
Administração do Tempo
Leia mais
2+

Eu vejo a logística melhor no futuro

Eu vejo a logística melhor no futuro . Tenho um olhar otimista sobre o que nos aguarda na logística nos próximos anos. E em vários segmentos dela. Talvez os maiores resultados venham de uma atividade que ainda está iniciando em nosso país mas terá uma “explosão” em curto espaço de tempo.Leia o texto abaixo e tire suas conclusões..

Leia mais
2+

Primeira entrega do mundo com Drone em plataforma petrolífera

Primeira entrega do mundo com Drone em plataforma petrolífera . Recentemente, na costa da Noruega, um helicóptero Camcopter S-100 fez história e entregou uma peça impressa em 3D a uma plataforma de petróleo após um voo de 100 km sobre o Mar do Norte, potencialmente abrindo a caminho de uma manutenção mais segura, barata e com menos emissões dessas grandes operações off-shore.

Primeira entrega do mundo com Drone em plataforma petrolífera ´Foto mostra a proporção do Done em relação a um ser humano - Fonte: Cavok
Primeira entrega do mundo com Drone em plataforma petrolífera ´Foto mostra a proporção do Done em relação a um ser humano
Leia mais
1+

7 livros inesquecíveis – Como fazer amigos e influenciar pessoas

7 livros inesquecíveis – Como fazer amigos e influenciar pessoas .Um livro do Dale Carnagie, autor americano do pós guerra que marcou minha fase pré-adulta pois era muito tímido e comecei a trabalhar com vendas em meu primeiro emprego. Um classico que se mantém atualizado ao longo do tempo.

Como fazer amigos e influenciar pessoas Dale Carnagie
Como fazer amigos e influenciar pessoas
Leia mais
1+

7 livros livros inesquecíveis – A Arte de Planejar o Tempo

7 livros livros inesquecíveis – A Arte de Planejar o Tempo . Viajo no tempo. Volto a Porto Alegre mais precisamente no Natal de 2011. Depois de uma conversa com meu irmão Fernando decidi preparar um curso sobre como organizar as ativiades e as agendas individuais do meu time.

A Arte de Planejar o Tempo de Jaime Wagner
7 livros livros inesquecíveis – A Arte de Planejar o Tempo

. Trabalhava em um Operador Logístico especializado no setor da Saúde e no meu time, os lideres tinham basicamente dois perfis: pessoal autodidata que eram encarregados de almoxarifados e farmacêuticos que respondiam pelos estoques de farmácia.

Queria repassar alguns conceitos importantes de como gerir melhor o tempo. Atravessei a rua e fui até um sebo na rua da Praia. Lá me chamou a atenção o livro do James Wagner. Comprei e nas semanas seguintes devorei o seu conteúdo.

Pouco badalado, mas muito consistente vale a pena ler este livro. Meses depois e dezenas de livros pesquisados depois organizei o material que utilizei no curso com meus líderes e colaboradores que se interessaram pelo assunto Administração do Tempo.

Gostei tanto do tema que três anos depois publiquei de forma independente o meu livro sobre o tema: Administração do Tempo Produza Mais e Seja Tempo . E durante este período da pandemia estou permitindo o download grátis de seu conteúdo completo no formato PDF (clique aqui e baixe meu livro Administração do Tempo)

1+

O plano da Loggi para ocupar o lugar dos Correios

O plano da Loggi para ocupar o lugar dos Correios . Desde 2016, a startup de entregas constrói uma malha logística para atender o Brasil inteiro. Agora, em meio a uma explosão de 500% do volume de entregas, a companhia começa a transformar suas agências em centros de negócios e vai apostar no modelo de franquias. O CEO e fundador, Fabien Mendez, explica a estratégia

O plano da Loggi para ocupar o lugar dos Correios
O plano da Loggi para ocupar o lugar dos Correios
Leia mais
1+

Rappi fará blitz para atrair novos entregadores ao superapp em SP

Rappi fará blitz para atrair novos entregadores ao superapp em SP . De 10 a 24 de setembro, campanha estará em todas as regiões da capital paulista com o objetivo de conquistar 1.000 novas adesões à plataforma. O Rappi anuncia uma ação inédita de blitz nas ruas da cidade de São Paulo para atrair novos entregadores parceiros à plataforma e engajá-los com o superapp. 

Rappi fará blitz para atrair novos entregadores ao superapp em SP
Leia mais
0

Pesquisa ECBR realidade logística dos pequenos e médios e-commerces

Pesquisa ECBR realidade logística dos pequenos e médios e-commerces . No último dia 18 de agosto, a greve dos Correios afetou em especial os pequenos e médios e-commerces brasileiros. Isso porque, segundo levantamento da Loja Integrada, para cerca de 86% desse perfil, os Correios são o principal modal de frete. Para melhor entender o processo de entregas do mercado online, o portal E-Commerce Brasil realizou a pesquisa “Logística Externa”, que reuniu dados logísticos de 99 lojistas brasileiros.

Pesquisa ECBR realidade logística dos pequenos e médios e-commerces brasileiros
Pesquisa ECBR realidade logística dos pequenos e médios e-commerces brasileiros

Entre os pontos levantados, ficou evidenciado que os Correios ainda são de extrema importância para esse mercado. Afinal, 65 dos entrevistados afirmaram utilizar a empresa de logística como principal canal, enquanto apenas 13 delas alegam o uso de frota própria (66% também disseram utilizar transporte terceirizado, como caminhão, carro e motocicleta).

Logística e acompanhamento

Entre os meios mais utilizados para entregas, ficou assim: caminhão (55%), carro (25%), motocicleta (14%), avião (4%) e bicicleta (1%). Além disso, as respostas permitiram entender os principais motivos para o uso dos Correios como opção de entregas. O custo elevado das transportadoras ainda é um impeditivo para os pequenos e médios e-commerces. Prazo e rastreabilidade também somaram nessa questão, tanto por parte das transportadoras como das lojas virtuais. Vale ressaltar que 69% das empresas ainda não contam com sistemas de gerenciamento de transporte (TMS) a fim de otimizar as entregas.

Logística reversa

Apesar da greve, os Correios garantiram que tanto a logística reversa, como Coleta Programada da empresa não foram afetadas. E ao que tudo indica não é apenas a estatal que realiza um bom trabalho de logística reversa. Entre os e-commerces pesquisados, 85 deles contam com uma política rigorosa de trocas e devoluções. Sobre a porcentagem de devoluções no ambiente digital, ficou assim:

  • Entre 47% dos pesquisados, somente em 1% das vendas foi devolvida;
  • Para outros 19%, esse número ficou entre 1% e 2%:
  • 16% afirmaram que a devolução é entre 2% e 4%;
  • Já 8% disseram que entre 4% e 6% das entregas são devolvidas;
  • E, por fim, 7% disseram ter entre 6% e 8% dos produtos devolvidos.

Indicadores logísticos

Dado os resultados, perguntamos quais seriam os indicadores dos processos logísticos utilizados pelos pesquisados. Apesar de alguns ainda não saberem como mensurar os resultados, percebemos outra grande parte já engajada nos dados. Para esse segundo grupo, a análise foi possível devido à utilização da SLA (Service Level Agreement) no contrato com a prestadora de serviços. Os registros gerados pela SLA, nesse caso, contribuem para a análise de resultados e, consequentemente, reparação dos erros de operação.

Outros três indicadores utilizados pelos pesquisados foram:

  • OTIF (On Time, in Full): mostra o número de pedidos entregues corretamente e dentro do prazo;
  • OTD (On Time Delivery): revela o tempo entre separação do pedido  e expedição da transportadora;
  • OTP (On Time Processing): calcula o tempo total de processamento do pedido. Mensura desde o momento da disponibilização do produto, passando pela separação e expedição à transportadora.

A logística e a experiência do cliente

O e-commerce busca a cada vez mais oferecer experiências personalizadas aos clientes. E, claro, a logística não foge dessa máxima. Questionadas sobre opções de entregas exclusivas aos compradores, apenas 35% das empresas afirmaram se adaptar às particularidades quando requeridas. Já as demais 64% disseram não oferecer essa opção, apesar de ter no catálogo os modelos de entrega normal, expressa e agendada.

Em contrapartida, a maior parte garante entregar uma experiência acima da média quando o assunto é “embalagem”. Para 48% dos respondentes, os produtos são entregues em embalagens (caixas) personalizadas, enquanto 34% disseram fazer as entregas em caixas lisas. Sacos invioláveis personalizados compõem a realidade de 23% da empresas, enquanto 15% utiliza caixas de papelão reutilizadas e 5% dizem utilizar outro formato de embalagem — bobina de papel kraft, sacolas personalizadas, envelopes de papel e de plástico compõem esse perfil.

Existem outras alternativas como para pequenos e médios e-commerces: Jadlog e plataformas de frete

Apesar da Pesquisa aferir o impacto da greve dos Correios existem outras alternativas no mercado como transportadoras com cobertura nacional que a cada dia são mais utilizados por ecommerce de todos os tamanhos.

Entre as alternativas destaco a Jadlog que possui quase 500 pontos de captação de despacho de remessas em cidades de todos os portes e em todos estados brasileiros. A Jadlog ainda tem um serviço chamado Pickup que permite a entrega das através de milhares de pequenos comércios, com fretes menores. O Pickup é uma experiencia de sucesso na Europa que o Grupo DPD (novo controlador da Jadlog) trouxe para o BRasil.

Além disto a cada dia surgem diversas plataformas que negociam fretes com o uso de etiquetas inteligentes (smart labels) que permitem acesso a rastreamento das remessas a preços competitivos no mercado.

Fonte: Ecommerce Brasil com adaptações do Blog Rogerio

1+

Canal do Blog do Rogério no Youtube completa 5 anos

Canal do Blog do Rogério no Youtube completa 5 anos. Desde 03 de setembro 2015 no ar, o Canal do Blog completa hoje cinco anos de existência.. Totalmente grátis já tem mais de mil e seiscentos inscritos. Se inscreva também!

Canal do Blog do Rogério no Youtube completa 5 anos . Foto de uma das gravações
Versão do Blog do Rogério no Youtube completa 5 anos
Leia mais
1+

Amazon anuncia seu maior centro de logística no Brasil

Amazon anuncia seu maior centro de logística no Brasil . A Amazon (AMZN) anunciou nesta quinta-feira a inauguração de seu quinto e maior centro logístico no Brasil, na esteira da expansão do comércio eletrônico com as medidas de isolamento social para conter a pandemia da Covid-19.

Amazon anuncia seu maior centro de logística no Brasil  em Cajamar o quinto no país.
Amazon anuncia seu maior centro de logística no Brasil
Leia mais
1+

Embraer demite 2,5 mil funcionários no Brasil

Embraer demite 2,5 mil funcionários no Brasil. . Medida se deve aos impactos da pandemia do novo coronavírus e cancelamento da parceria com a Boeing A Embraer anunciou nesta quinta-feira (3/9/20) que deverá demitir cerca de 900 funcionários no Brasil, o que corresponde a 4,5% de seu efetivo total no país.

Embraer demite 2,5 mil funcionários no Brasil.
Embraer demite 2,5 mil funcionários no Brasil.
Leia mais
1+

Mercado Livre compra fatia da Kangu e aquece a disputa na última milha do e-commerce

Mercado Livre compra fatia da Kangu e aquece a disputa na última milha do e-commerce . Com a fatia minoritária na startup de logística que habilita pequenos lojistas como pontos de coleta e de retirada de produtos comprados via comércio eletrônico, o grupo reduz a desvantagem em relação a rivais como Magazine Luiza e Via Varejo, que já usam suas próprias lojas como estoques avançados.

Mercado Livre compra fatia da Kangu e aquece a disputa na última milha do e-commerce Fonte: Neo Feed
Mercado Livre compra fatia da Kangu e aquece a disputa na última milha do e-commerce
Leia mais
0

DPD Líder Européia assume controle da Jadlog

DPD Líder Européia assume controle da Jadlog . A GeoPost, líder de entregas de encomendas expressas na Europa, por meio da sua rede internacional DPDgroup, anuncia que passa a deter 98% do capital da Jadlog, uma das maiores empresas de movimentações de cargas expressas fracionadas do Brasil e uma das principais operadoras logísticas do e-commerce.

DPD Líder Européia assume controle da Jadlog - Foto Portal Mundo Logística
DPD Líder Européia assume controle da Jadlog
Leia mais
2+

Centro de Distribuição do Mercado Livre inaugurado em Salvador

Centro de Distribuição do Mercado Livre inaugurado em Salvador . O novo Centro de Distribuição do Mercado Livre já está operando em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador. A operação foi iniciada na quarta-feira, 26/08/20, e deve impactar positivamente em toda região, incluindo os municípios de Camaçari e Simões Filho.

Centro de Distribuição do Mercado Livre inaugurado em Salvador Operação do centro gera empregos e beneficia consumidores de toda a região Nordeste - Foto: Divulgação|
Centro de Distribuição do Mercado Livre inaugurado em Salvador
Leia mais
2+

BYD fabrica baterias para veículos elétricos

BYD fabrica baterias para veículos elétricos . Empresa chinesa que já produz chassis para ônibus 100% a bateria investe R$ 15 milhões em fábrica em Manaus que, no futuro, também poderá fazer baterias para automóveis

BYD fabrica baterias para veículos elétricos . Fábrica da BYD em Manaus entrou em operação neste mês Foto: BYS/DIVULGAÇÃO / Estadão
Fábrica de baterias elétricas da BYD em Manaus entrou em operação neste mêsFoto: BYS/DIVULGAÇÃO / Estadão
Leia mais
2+

Mercado Livre contrata 150 carretas para entregas

Mercado Livre contrata 150 carretas para entregas . De forma escalonada até dezembro, o Mercado Livre contratou nesta semana 60 carretas e vai contrar mais 90 até o final de ano, para ajudar nas entregas de encomendas.

A diferença em relação aos anos anteriores que fez o envelopamento dos caminhões contratados e isto gerou uma enorme repercussão na mídia e nas redes sociais. Você reparou?

Mercado Livre contrata 150 carretas para entregas. Divulgação Reuters
Mercado Livre contrata 150 carretas para entregas
Leia mais
2+

BNDES seleciona consórcio para desestatizar Correios

BNDES seleciona consórcio para desestatizar Correios . O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) homologou, o consórcio Postar como vencedor do processo de seleção para realização dos estudos que indicarão alternativas de parceria com a iniciativa privada para gestão do serviço postal no Brasil.

BNDES seleciona consórcio para desestatizar dos Correios.
BNDES seleciona consórcio para desestatizar dos Correios
Leia mais
2+

Blog do Rogerio é do Rogério!

Blog do Rogério é do Rogério! Você não está entendendo nada? Calma eu vou explicar. O Blog do Rogério é um dos blogs especializados em logística que está a mais tempo em atividade. Neste mês de agosto completei 13 anos desde o inicio em 07/08/2.007.

Blog do Rogério é do Rogério!. Foto acervo do ww.wblogdorogerio.com.br
Blog do Rogério é do Rogério! Banner antigo
Leia mais
3+

FIFO e outras siglas

FIFO e outras siglas . Em gestão de estoque e logística existem alguns conceitos básicos. Você está por dentro deles?

FIFO

First In First Out ou o Primeiro que Entra é o Primeiro que Sai (em português PEPS). Neste caso você tem que adotar processos que garantam que as cargas mais antigas sejam processadas primeiro para que saiam antes daquelas que chegaram posteriormente. Isto tem a ver com prazos de validade ou de transporte previamente acordado com os clientes também conhecido por sua sigla em inglês SLA

FIFO e outras siglas
FIFO e outras siglas
Leia mais
3+

Sequoia logística fará IPO na B3

Sequoia logística fará IPO na Bovespa .

A companhia de logística Sequoia, especializada no mercado de e-commerce, pediu nesta sexta-feira, 14/08/2020) registro para uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) e listagem na B3 (B3SA3).

Sequoia logística fará IPO na B3
Sequoia logística fará IPO na B3

A empresa com sede em Embu das Artes, região metropolitana de São Paulo, é controlada pelo administrador de fundos de private equity Warburg Pincus, com 70,5% do capital, que será vendedor na oferta secundária ao lado da Fram Capital Sherman.

A Sequoia se apresenta como líder em logística para comércio eletrônico no país, tendo em junho passado mais de 2.600 clientes, incluindo oito das 10 maiores empresas do setor e que fazia entrega expressa em mais de 3,3 mil cidades. Sua receita líquida somou 376,5 milhões de reais no primeiro semestre, aumento de 58,4% contra um ano antes.

O prospecto (clique aqui para acessar o documento) afirma que a empresa opera com 1.781 caminhões terceirizados e 188 próprios, 3.794 fiorinos e vans e 2,6 mil motocicletas, a partir de 11 centros de distribuição e 394 bases operacionais, por meio das quais fez mais de 17 milhões de entregas no primeiro semestre deste ano.

O anúncio vem na esteira da guinada no comércio eletrônico no Brasil nos últimos meses, diante dos efeitos das medidas de isolamento social tomadas para conter a pandemia da Covid-19, que fechou milhares de estabelecimentos pelo país.

“O mercado de ecommerce no Brasil, que apresenta um rápido crescimento, ainda é pouco explorado em comparação com o de outras grandes economias, o que cria uma forte e sustentável demanda pelos nossos serviços”, afirma a companhia no documento.

A empresa, cujo IPO será coordenado por BTG Pactual, Santander, Morgan Stanley e Banco ABC Brasil, diz que tem uma estrutura enxuta de ativos e que a despesa de capital representa menos de 2% da receita.

A empresa pretende usar os recursos da oferta primária para fazer aquisições no setor, para otimizar sua estrutura de capital e para investir em automação.

Fonte: Money Times

2+

O Porco e a Galinha – Comprometido ou Envolvido

O Porco e a Galinha – Comprometido ou Envolvido . O consultor questiona a quem trabalha com projetos de forma direta é o porco ou a galinha? Para quem ainda não ouviu esta frase, não se ofenda, não é nenhum palavrão. É uma referência a uma fábula que eu vou resumir abaixo.

O Porco e a Galinha – Comprometido ou Envolvido
O Porco e a Galinha – Comprometido ou Envolvido

O porco e a galinha estavam passeando pela fazenda quando o fazendeiro apareceu e lançou o seguinte desafio aos dois:

“Vocês serão os responsáveis por preparar um café da manhã diferente para mim a cada dia pelas próximas duas semanas. Se vocês falharem, no caso de não variarem o cardápio, eu mesmo preparei o meu café da manhã que sem opção será ovos com bacon.”

Ambos, tanto o porco quanto a galinha, ficaram super empolgados em cumprir a missão de preparar os cafés da manhã diferentes a cada dia nas próximas duas semanas, e assim começaram.

Nos primeiros dias tudo correu bem, o porco sempre muito pró-ativo, já começava o dia pensando no menu do próximo dia, separando ingredientes, planejando as tarefas necessárias, controlando o tempo de cada tarefa, inovando na forma de preparar, sempre com o objetivo bem claro de cumprir a meta estipulada, e sempre contando com a ajuda da galinha que cumpria todas as tarefas que lhe eram atribuídas.

Com os passar dos dias as receitas foram ficando cada vez mais complexas e o porco gastava a maior parte do seu tempo preparando o menu do dia seguinte, deixando de ter tempo para atribuir as tarefas a galinha que por sua vez passava o tempo livre bicando o chão e procurando minhocas.

Com isso o porco cada vez tinha menos tempo disponível, e se via obrigado a trabalhar ainda mais para cumprir as metas estabelecidas pelo fazendeiro. Até que um dia, antes do prazo de duas semanas terminar, o porco não conseguiu preparar o café da manhã diferente, principalmente devido a sua exaustão e cansaço acumulado, e falhou.

Ao ver o não cumprimento do objetivo pelo porco e pela galinha, o fazendeiro foi preparar o seu próprio café da manhã, declarando em alto e bom som aos seus empregados:

“Matem o porco para fazer bacon e tragam os ovos da galinha!”

Fazendeiro

Há variações desta história, inclusive em algumas delas a galinha sugere que os dois se unam em um projeto que sempre envolve bacon (ou presunto) e ovos. Neste formato o porco observa que a galinha sempre entra apenas com uma pequena contribuição, pois para a galinha basta apenas botar um ovo e voltar para as suas tarefas normais e mais confortáveis. Já para o porco o buraco é mais embaixo, ou melhor dizendo, um comprometimento total beirando a um sacrifício é necessário, pois para que seja feito bacon ou presunto o porco precisa ser morto, ou se for suficiente, perder uma perna como na imagem acima.

Esta pequena fábula é sempre ótima para nos lembrar a diferença entre estar envolvido e estar comprometido. Envolver-se é participar de uma ação, causa ou situação parcialmente, estar em parte ou não atuar de forma concreta na situação, estar apenas superficialmente participando de alguma ação. Já comprometer-se é assumir uma alta responsabilidade, se sujeitar, se empenhar, dar a sua palavra e doar-se pela causa ou projeto.

Ahã, então é daí que vem aquelas famosas frases de pressão: “Eu preciso de comprometimento, quem não estiver comprometido está fora!” ou “Você está desmotivado? Estou sentindo falta de comprometimento!” … hehe podemos dizer que sim!

No gerenciamento ágil de projetos esta pequena fábula esta relacionada com a definição de dois tipos de membros de equipe, os porcos que são totalmente comprometidos com o projeto e responsáveis pelo seu resultado, e as galinhas que apenas consultam o projeto e são informados de seu progresso.

No Scrum, os porcos são o Time Scrum, formado pelo Product Owner, Scrummaster e Time, que são os responsáveis por entregar o objetivo do projeto e estão com os seus “bacons” na reta. As galinhas são os demais envolvidos com o projeto, aqueles que não estão no dia-a-dia do projeto, como usuários ou gerentes funcionais, por exemplo.

A partir disso se houve muito por ai: “Eu quero só porcos no meu projeto! ” ou “Eu vou ser sempre porco!”

Isso não é verdade e na realidade não é correto pensar assim. Para que se tenha um projeto de sucesso é preciso ter porcos e galinhas, e existem situações em que devemos ser porcos e outras em que devemos ser galinhas.

O mais importante aqui é refletir sobre a postura que queremos ter em cada situação ou projeto, deixando isso bem claro a todos e evitando frustrações ao longo dos projetos, ou até mesmo em situações da vida pessoal por exemplo.

O foco aqui deve ser a comunicação e a transparência sobre o seu comprometimento, todos os envolvidos com o projeto devem saber exatamente qual o seu comprometimento com a situação, até para que eles também decidam o quanto querem se comprometer ou não com a mesma situação. Este é o momento que você pode refletir quando ser porco e quando ser galinha em vários aspectos da sua vida, tais como emprego, estudos, casamento, amizades … e até conflitos.

Não é preciso ser porco em todas as situações, até porque acredito que isso seja impossível. O fundamental é não ter vergonha e não se esconder quando você quiser participar de algo apenas superficialmente ou parcialmente. Muitos tendem a pensar que isso é negativo, mas o mais importante nestas situações é jogar limpo e lembrar que a comunicação é o fator decisivo para o sucesso e como diz aquela famosa frase: “O combinado não sai caro!”.

Pior do que ser uma galinha em uma situação ou projeto, é não jogar limpo com os outros, fingindo que está comprometido sem estar de verdade. Se fingir ser um porco e fracassar você irá virar um bacon, já se assumir ser uma galinha na situação certa, apenas deixará um ovo como consequência.

Para fechar esta mensagem final, eu deixo aqui a seguinte reflexão:

Se envolver com honestidade e transparência é seu dever sempre, mas se comprometer é uma opção sua de acordo com cada situação.

Me deu uma fome agora, porque vai dizer que ovos com bacon não é uma delícia! Hmm, falando em comida lembrei do Bife a Cavalo com Bacon, mas esta é outra história e fique ligado para ouvir a minha versão do Porco, da Galinha e da Vaca, que eu prefiro chamar de Touro! 

Fonte: Fábio Cruz

3+

Amazon quer usar lojas nos shoppings dos EUA como centros de logística

Amazon quer usar lojas nos shoppings dos EUA como centros de logística . A Amazon (NASDAQ: AMZN) está negociando com a maior rede de shoppings dos EUA, Simon Property Group, para utilizar o espaço das lojas de departamento como centros de logística da empresa. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (10/08/20) pelo jornal “The Wall Street Journal”.

A Amazon quer usar lojas nos shoppings dos EUA como centros de logística fonte Suno
Amazon quer usar lojas nos shoppings dos EUA como centros de logística
Leia mais
1+

Melhor batedor de pregos do Mundo

Melhor batedor de pregos do Mundo .Meu pai o “Seu” Manuel era um homem de poucas palavras. E cada vez que ele falava alguma coisa eu ficava muito atento, até por que ele não repetia. No Dia dos Pais, volto no tempo e repito algo que ele sempre me dizia.

Melhor batedor de pregos do Mundo . Foto do meu Pai Seu Manuel
Feliz Dia dos Pais – Foto do Seu Manuel Leques, Meu Pai

“Rogério, estuda meu filho. Não quero que precises acordar cedo e trabalhar duro como Eu. Mas se a vida não sorrir para ti, e tenhas que bater pregos para manter a ti e tua família, seja o melhor batedor de martelos do mundo. Lembre-se que a Sociedade precisa de todas as profissões, não apenas de médicos, engenheiros e advogados. O importante é estares entre os melhores. Estuda!

Manuel de Oliveira Gonçalves Leques, meu pai

Neste dia dos País esta passagem veio à minha mente e é impressionante como isto me marcou. Ao lado dele, minha Mãe Nancy completava que saber não ocupa lugar (lifelong learning?). Sempre me estimularam a ler de forma quase compulsiva. Me lembro que ele decidiu comprar um enciclopedia vendida em fascículos. No dia que chegava nas bancas ficávamos todos em casa esperando o pai chegar à noite para olharmos embasbacados as imagens chamativas e ler artigos sobre os mais variados assuntos. E mandávamos encardenar com as capas duras que também eram vendidas nas bancas. Na cor vinho e letras douradas! E com orgulho colocávamos em uma posição de destaque no móvel da sala.

Ele foi polivalente. Exerceu multiplos oficios,trabalhou como ajudante de açouqueiro, feirante, comerciante de frutas, assador de churrasco, repartidor de pão (ou padeiro como chamavamà época e finalmente motorista de taxi. Soube aproveitar as oportunidade que a vida lhe ofereceu e quando uma porta se fechava ele rapidamente abria outra!

Ele partiu precocimente. Foi uma pena não conviver com seus neto(a)s e bisneta. Mas tanto eu como meus irmãos Maria de Fátima e Fernando nunca deixamos seguir seus “mandamentos”.

Feliz dia dos Pais a todo(a)s que tem esta responsabildade de passar a seus filho(a)s valores e conceitos que são a coluna de sustentanção da Educação. Sim Educar não é pagar Escola para ele(a)s. Educar é prepará-lo(a)s para vidade em Sociedade e isto é papel dos pais e mães.

Portanto não esqueça se a vida não sorrir e você tiver que bater pregos para sobreviver seja o ” Melhor batedor de pregos do Mundo “.

Leia também Pense: o que te move? (clique aqui para ler o artigo)

5+

Logistica é minha vida

Logistica é minha vida. Eu não escolhi Logística. Foi ela que me escolheu e foi cedo. Aos vinte anos deixei uma carreira estável no turismo onde comecei aos 15 anos e trabalhava cercado de amigos e com boas perspectivas de crescimento profissional.

Logistica é minha vida. Na Africa - Autor: Araldo Gonçalves
A logística me proporcionou trocas de experiências com centenas de profionais e conhecer dois paíse na África – foto: Araldo Gonçalves
Leia mais
3+

Startups em logística: um novo modelo de negócio

Startups em logística: um novo modelo de negócio . Iniciativa contribui para a sustentabilidade no setor. O setor logístico é, por origem, um setor extremamente dinâmico. Essa característica faz com que possamos considerar que todas as mudanças ocorridas no mundo irão, de uma forma ou de outra, afetar seus processos.

Startups em logística: um novo modelo de negócio - Foto O São Gonçalo
Startups em logística: um novo modelo de negócio:

As mudanças mais significativas no setor se referem, principalmente, àquelas decorrentes no âmbito da tecnologia. Novas tecnologias implicam novas formas de trabalho e, tanto o investimento, quanto seu uso, vão levar a duas principais questões: as empresas que não se adaptam a essas tecnologias vão perder eficiência e as que, por sua vez, introduzirem novas tecnologias terão, inicialmente, que lidar com um aumento de custos e consequente aumento de preços.

As transformações que podemos considerar vão, segundo os autores Hausmann e Wölfel desde um alto número de pontos de intervenção, passando por regras complexas de preços chegando, por fim, a uma falta de padronização dos dados. Se, por um lado, a baixa rentabilidade cria dificuldades para que a indústria trate dessas questões, surgem novas startups de logística com o objetivo de promover mudanças nesse cenário.

O texto “Startup funding in logistics” (clique aqui para ler o texto original em inglês) (Financiamento de startups em logística), apresenta o resultado de análises em “mais de 120 das maiores startups de logística – representando custos estimados em torno de 93%, ou US$26 bilhões do financiamento total em logística até o momento”, o que só reforça o fato de que as atenções do mercado de investimentos se voltam a essa realidade. Esse texto ainda menciona que a maioria dos financiamentos vai para startups que atuam no “last-mile” (ou “última milha”, em português), etapa da distribuição onde a mercadoria sai do CD (centro de distribuição) e também para as que atuam com fretes. As empresas “last-mile” são as preferidas dos investidores de capital, muito embora as plataformas de frete também tenham atraído a atenção de investidores.

Startups de “last-mile” atuam com formas de entregas não convencionais, como entregas em grupo, drones, robôs, veículos autônomos, entre outras formas inovadoras. Não podemos deixar de mencionar que as plataformas de frete são, também, nesse sentido, uma grande inovação que também atrai a atenção de investidores, especialmente àquelas que focam no transporte rodoviário. Estas aumentaram a transparência dos preços, profissionalizaram e digitalizaram a relação transportador x transportador, ações realizadas geralmente de maneira informal. Tais empresas focam em aproveitar os dados existentes como meio de lidar com as vastas ineficiências que ainda existem no mercado.

Normalmente os agenciadores de carga conseguem conectar o serviço de entrega a uma transportadora, pois eles detêm uma informação muito importante, que é a identificação de transportadoras mais adequadas, em termos logísticos, para atendimento à demanda em uma determinada rota ou região.

Assim, essas startups contribuem significativamente para melhorar a sustentabilidade nos setores de transporte e logística, tendência essa cada vez mais relevante. Essas plataformas criadas são muito acessíveis e fáceis de usar por caminhoneiros e outras pessoas, o que leva a uma significativa melhora na experiência do cliente. Podemos considerar esse fato como o benefício mais proeminente da transformação digital aplicada à logística de cargas fracionadas pois, quando se reduz os intermediários através do acesso a informação, podemos propiciar maiores ganhos de ponta a ponta da cadeia de suprimentos. Esse, talvez, seja o grande atrativo para os investidores, pois se trata de uma área com crescimento promissor em tempos de isolamento social e mudanças nas formas de interações na sociedade.

No meio acadêmico, universidades já orientam os estudantes para essa tendência, como é o caso do Centro Universitário Internacional Uninter. A instituição implementou, no início de 2020, um projeto para a criação de uma plataforma de e-commerce, por seus alunos, os quais têm a oportunidade de exercitar, com a supervisão de docentes, profissionais qualificados, desde a criação ao gerenciamento e manutenção de uma plataforma, o que lhes dará subsídios para operarem (ou criarem) startups que atenderão às demandas de mercado no cenário pós-pandemia.

Fonte: O São Gonçalo – Autora: Alessandra de Paula é coordenadora dos cursos de Logística e E-commerce e Sistemas Logísticos do Centro Universitário Internacional Uninter

1+

Pandemia aumenta procura por profissionais de logística

Pandemia aumenta procura por profissionais de logística . De acordo com o site Glassdoor, plataforma de recrutamento que levantou as 20 ocupações com alta demanda no Brasil em meio à pandemia,  a grande maioria das oportunidades está ligada às áreas de saúde, logística e comércio, mas também há trabalho em atendimento ao cliente e telemarketing

Pandemia aumenta procura por profissionais de logística
Pandemia aumenta procura por profissionais de logística
Leia mais
2+

Scout robô de entregas da Amazon chega a Georgia e ao Tennessee

Scout robô de entregas da Amazon chega a Georgia e ao Tennessee .A Amazon está expandindo seu serviço de entregas por meio de robôs, o Amazon Scout, para mais cidades nos Estados Unidos.

Scout robô de entregas da Amazon chega a Georgia e ao Tennessee
Scout robô de entregas da Amazon chega a Georgia e ao Tennessee

Em atividade desde o ano passado, essas entregas acontecem com veículos elétricos e autônomos que andam pelas calçadas da cidade.

O serviço estava em atividade na cidade de Snohomish, norte de Seattle, e Irvine, na Califórnia. Agora, os robôs estarão disponíveis em Atlanta, na Georgia, e Franklin, no Tennessee.

O conteiner com rodas tem capacidade para pequenos e medios pacotes,Possui um sistema de sensores que lhe permite evitar de esbarrar em objetos ouobstáculos no trajeto de entrega. Por enquanto é obrigatória a presença de um “embaxaidor humano”, mas no futuro se moverá sozinho.

Outras empresas estão testando equipamentos com a mesmafuncionalidade na Europa os grandes operadores logísticos como a DPD e DHL e nos Estados Unidos outras bandeiras tentam sair na frente com suas soluções de automaçãoda última milha.

No Brasil até agora apenas a empresa especializada em delivery de refeições e alimentos iFood informou que está trabalhando em um projeto para desenvolver uma solução neste sentido em parceria com a Synkar, empresa especializada em inteligência artificial. A intenção inicial era lançar este ano. O Blog chegou a divulgar a notícia através do post “iFood fará entregas com robôs autônomos em 2020” (clique aqui e leia o artigo original).

.

Fonte: Isto é Dinheiro e com informações complementares do Blog Rogério

2+

Você não Dirige? Por quê?

Você não Dirige? Por quê? A vida inteira ouvi esta pergunta como se eu fosse o ET de Varginha. E a maioria das pessoas esperavam um resposta do tipo um acidente fatal com alguém da familia ou um trauma que me marcou para o resto da minha vida .

Você não Dirige? Por quê?Ford modelo T
Você não Dirige? Por quê?

Ficam mais atônitas quando eu simplesmete dizia, Porque eu não gosto!

Como assim? Foi uma escolha que fiz. Prefiro usar o metrô agora que vivo em São Paulo. Em Porto Alegre usava lotação. Minha vida nestas duas cidades e a maioria onde passei boa parte sempre foi fácil. Duro foi em Brasília pois morei quatro anos e na época não tinha metrô. E na urgência? E quando não tem metrô? Uso sempre que possível o metrô e se tiver urgencia a últimilha milha uso um motorista de aplicativo. Fica rápido e barato.

Todo mundo me lembra o conforto do carro, a facilidade de chegar rápido a qualquer ponto. Poucos lembram do engarrafamento das marginais e outras avenida,, da dificuldade de estacionar e preços absurdos dos estacionamentos. Uma escolha. E como toda ela tem vantagens e desvantagens.

Hoje dia do Motorista assisti um vídeo do Professor Cortela onde ele relata este mesmo sentimento. Ufa! não sou tão anormal assim. Ele é um dos nossos!

Eu aproveito o tempo de forma maravilhosa. Leio parte da viagem (neste momento tenho na minha mochila o livro com a biografia do Tim Cook) esperando o isolamento social passar). Dependendo da distância até tiro um cochilo se estou cansado no final do dia.

Escrevi muitos artigos no Blog no trem como me referido ao metrô e respondo a muita gente nas redes sociais e o meu whatsapp, que toca mais do que gostaria é verdade. Nas minhas contas, ganho de uma a duas horas por dia com esta decisão.

Lembre-se a vida é feita de escolhas. Faça as suas e não se preocupe com a opinião alheia, se tiver convicção do caminho escolhido.

Leia também Ando devagar porque já tive pressa (clique aqui para ler o artigo)

4+

Grilo inova com transporte zero carbono em Porto Alegre

Grilo inova com transporte zero carbono em Porto Alegre . Uma nova realidade para a mobilidade em Porto Alegre com o uso de triciclos elétricos

Esse último sábado (11/07/2020), foi um grande marco da mobilidade urbana para a capital gaúcha, com a chegada da Grilo, que propõe não só um novo jeito de se mover, mas também um novo jeito de pensar. Tá, mas afinal de contas, o que é Grilo?

Grilo inova com transporte zero carbono em Porto Alegre . Uma nova realidade para a mobilidade em Porto Alegre com o uso de triciclos elétricos
Grilo inova com transporte zero carbono em Porto Alegre
Leia mais
6+

Brasileiro: Doutor em Crises

Brasileiro: Doutor em Crises ! Estava lendo um artigo sobre a crise da pandemia e me lembrei que no longínquo ano de 1981 eu recém formado em administração postal fui negociar um local para instalar uma agência de Correios em uma cidade do interior do Rio Grande do Sul que ainda não tinha uma agência de Correios. E de repente eu resolvo falar em crise…

Brasileiro: Doutor em Crises foto original EL PAIS
Esta crise é profunda do ponto de vista sanitário e econômico
Leia mais
4+

O que aprendi da vida logística

O que aprendi da vida logística. Estou na estrada há muitos anos. Uma longa jornada em empresas de ponta. Quase todas elas voltadas para a distribuição da última milha. Não gosto muito de olhar para trás… Afinal ainda pretendo “experienciar” muita coisa agora e nestes próximos tempos.Mas o que aprendi ao longo desta jornada?

O que aprendi da vida logística - foto: Canal do Blog do Rogério no Youtube
Canal do Blog do Rogério no Youtube
Leia mais
3+

Entregadores pedem leis para melhorar remuneração da categoria

Entregadores pedem leis para melhorar remuneração da categoria . Representantes de vários estados do movimento de entregadores de aplicativos  que reivindicam melhores condições de remuneração e de trabalho se reuniram por  videoconferência com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), nesta quarta-feira (8).

Entregadores pedem leis para melhorar remuneração da categoria
Entregadores pedem leis para melhorar remuneração da categoria
Leia mais
2+

Fortaleça sua Network

Fortaleça sua Network . Uma boa rede de contatos é muito valiosa. Cultive. Não precisa ser composta de COOs, CFOs e CEOS. Claro que ter executivos top tem um valor agregado importante, mas eu sou daqueles que gosto de ter contatos de todos níveis e em setores que não trabalhei e atividades nas quais eu tenho dificuldade em atuar bem.

Fortaleça sua Network. Cultive seus contatos ao longo do tempo
Leia mais
2+

Na bandeira da diversidade inclua profissionais seniores

Na bandeira da diversidade inclua profissionais seniores. Muitas empresas estão seriamente preocupadas em incluir o respeito à diversidade em seus valores. Não é modismo, não é passageiro. É uma conscientização importante de um problema social crônico e enraizado. Sua mudança é fundamental para termos uma sociedade mais inclusiva e justa.

Na bandeira da diversidade inclua profissionais seniores. Foto originalmente publicada no site do metodo supera
Na bandeira da diversidade inclua profissionais seniores

São muitos grupos que precisam ter voz mas existe um segmento marginalizado que não escuto muita gente defender a bandeira de profissionais “cabeça branca” que são muitas vezes preteridos em suas organizaçõe pelo pecado de serem “velhos”. Claro não defendo que antiguidade é posto como algumas organizações piramidais preconizam. A meritocracia deve ser a base da ascensão profissional, mas o fato do profissional ter uma idade mais elevada não deveria ser motivo de exclusão de processos de promoção ou de contratação.

Recomendo um filme com o Robert de Niro e Anne Hathaway intitulado um Senhor Estagiário . Um profissional com alta capacitação recem contratado e marginalizado exatamente pelo fato de ser da terceira idade e aos poucos foi conquistando a confiança e o seu espaço de trabalho junto a CEO e dona da empresa.

Naturamente, que cabe exclusivamente aos profissionais seniores se manterem atualizados. Ninguém quer pessoas “contadoras de histórias” de um passado que a cada minuto se afasta mais ainda de um mundo em transformação.

Mas lembre-se de um ditado espanhol que fala que o “Diabo sabe mais por ser velho do que por ser Diabo!”. A bagagem de quem já enfrentou vários desafios .ao longo dos tempos permite uma avaliação com base em fatos reais e ajuda a dimensionar as ameaças e oportunidades frente a uma situação desafiante que pode ser uma crise ou uma chance que o mercado está te oferencedo. Avaliar as fortalezas e fraquezas exige uma formação multidisciplinar e aí a diversidade em todos sentidos ajuda muito a buscar uma visão mais ampla e universal evitando o viés de restringir demais as varíaveis analisadas.

Pense nisto! Dê oportunidades a profissionais seniores!

Leia também: Pense: o que te move? (clique aqui para ler o artigo completo)

2+

Navios porta-contêineres elétricos Tesla

Navios porta-contêineres elétricos Tesla . Primeiros porta-contêineres elétricos fornecidos pela Tesla chegam em Agosto . Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto de 2020

Navios porta-contêineres elétricos Tesla
Primeiros porta-contêineres elétricos fornecidos pela Tesla chegam em Agosto
Leia mais
2+

Amazon pode se tornar uma montadora de veículos

Amazon pode se tornar uma montadora de veículos . As aquisições milionárias na indústria da tecnologia não são incomuns, mas uma em especial chamou a atenção do mercado. Na sexta-feira passada (26/06/2020), a Amazon anunciou a compra da Zoox , uma start-up criada há pouco mais de cinco anos com a missão de desenvolver veículos autônomos, por US$ 1,2 bilhão.

Amazon pode se tornar uma montadora de veículos - Zoom
Amazon pode se tornar uma montadora de veículos
Leia mais
1+

Ótimo inimigo do Bom

Ótimo inimigo do Bom . Já ouviu esta expressão? O mundo está a uma velocidade espantosa. E se foi o tempo em que se esperava anos a fio para lançar um produto no mercado. Sabes porque? Porque quando ele for lançado, as necessidades e expectativas do mercado mudaram e já não faz sentido muitos dos atributos e características quando se iniciou o projeto.

Ótimo inimigo do Bom - Perfeccionismo
Ótimo inimigo do Bom
Leia mais
4+

Transportadoras têm perdas significativas na pandemia

Transportadoras têm perdas significativas na pandemia . É o que revela a terceira rodada da Pesquisa de Impacto no Transporte – Covid-19, divulgada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) nesta quinta-feira (18). Foram ouvidas 619 empresas de cargas e de passageiros de todos os modais de transporte entre os dias 5 e 10 de junho.

Transportadoras têm perdas significativas na pandemia. CNT
Transportadoras têm perdas significativas na pandemia
Leia mais
2+

O Poder do Não

O Poder do Não. Quando eu era pequeno era feio dizer não. Eu cresci tentando dizer SIM a todo custo, E com o passar do tempo, percebi que muita gente se aproveitava desta minha característica e me pediam tarefas e atividades demais para eu fazer que não tinham a ver com minhas responsabilidades ou que eram absolutamente inúteis.

O Poder do Não. Foto: osegredo.com.br
O Poder do Não
Leia mais
3+

Setor portuário tem alta em meio à crise econômica

Setor portuário tem alta em meio à crise econômica. O segmento de transporte aquaviário no Brasil se mostrou resistente aos impactos do novo coronavírus , com destaque para a cabotagem, como é chamada a navegação em águas nacionais. Esse segmento registrou alta de 11,3% na movimentação entre janeiro e abril deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. No total, o setor transportou 60,8 milhões de toneladas no período. Os números são de levantamento do Ministério da Infraestrutura , ao qual o Estadão/Broadcast teve acesso com exclusividade.

Setor portuário tem alta em meio à crise econômica. Foto Estadão
Setor portuário tem alta em meio à crise econômica
Leia mais
3+

Pare de Procrastinar !

Pare de Procrastinar !  Se você está determinado a parar de procrastinar eu tenho uma má notícia. Você não vai conseguir. Porque?  Você é incompetente? Não! É porque é impossível não empurrarmos algumas tarefas com a barriga. É da natureza do ser humano.

Então não tem jeito? Claro que tem. Você pode se policiar. Identificar o porque algumas tarefas são tão difíceis de serem realizadas.

Pare de Procrastinar !
Pare de Procrastinar !

As mais comuns são as que você não sabe como começar ou são muito complexas e parecem quase impossíveis de serem realizadas. E quanto mais o tempo passa pior fica.


Não sei como começar 

Pode ser inexperiência sua. A boa notícia é que este é um defeito que vai reduzindo com o tempo… Mas como se supera esta síndrome da folha de papel em branco? 

Primeiro veja se o problema está bem definido. Nem sempre conseguimos definir com clareza o o que queremos fazer ou resolver. Ter isto claro é metade da solução.

Segundo passo pesquise. Você pode pesquisar o tema. E recursos não faltam. o que tem em nosso país, em outros mercados mais amadurecidos, o que os concorrentes estão fazendo…

Pergunte ao líder exatamente o que ele deseja

Um erro comum é o nosso líder dar uma tarefa complexa e não entendermos direito o que exatamente é a missão ou onde ele quer chegar. Ora neste caso o melhor é retornar à liderança e fazer algumas perguntas que te permitem compreender exatamente qual o objetivo e os limites deste desafio.

Temos uma tendência natural de complicar o que é simples. E isto dificulta o início da tarefa ou projeto. Normamente o líder vai explicar o objetivo de longo prazo mas quais são as metas mais imediatas e isto pode te permitir a fasear o projeto.

Lute contra os Ladrões de Tempo

A todo momento somos bombardeados com distrações, alarmes, luzinhas, sons diferentes nos chamando para assuntos atrativos mas que não agregam valor. Saiba dizer não! No meu livro Administração do Tempo Produza Mais e Seja Feliz dedico um capítulo inteiro a eles. Se liberte! E para te facilitar clique no link abaixo e acesse o conteúdo inteiro dele em PDF grátis! Aproveite! É por tempo limitado! E se algum amigo estiver precisando mencione ele nos comentários e passe o link para aproveitar também.

Clique aqui e baixe meu livro Administração do Tempo

Leia também Você corre em linha reta ou em círculos ? (clique aqui paa acessar o artigo completo)

3+

Trabalho isolado ou solitário ?

Trabalho isolado ou solitário ? Sou do grupo de risco. Estou em home office desde o começo da pandemia. E como eu milhares de outras pessoas.

O home office é uma faca de dois de gumes. É preciso disciplina para manter as rotinas e produtividade, E ledo engano que a vida é mais prazeirosa ou mais fácil…

Trabalho isolado ou solitário ?  Foto: MUTANT BR
Trabalho isolado ou solitário ? Visão romântica do home office
Leia mais
3+

Embraer atrai interesse de estrangeiros após desistência da Boeing

 Embraer atrai interesse de estrangeiros após desistência da Boeing . Fabricantes estrangeiros de aviões estão rondando a Embraer semanas após a Boeing abandonar os planos para uma combinação histórica na aviação comercial, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

mbraer atrai interesse de estrangeiros após desistência da Boeing Foto: KC-390 - Embraer
Embraer atrai interesse de estrangeiros após desistência da Boeing Foto: KC-390 – Embraer
Leia mais
3+

Admirável mundo novo

Admirável mundo novo  . Não este artigo não é sobre a obra “1984” de Aldous Huxley , que falava no “Grande Irmão”, o conhecido “Big Brother” e muito menos sobre o reality show homônimo. Aliás o livro li ainda adolescente e recomendo a quem ainda não o fez. Queria falar sobre o “novo normal”. Você já pensou como será sua vida dentro de algumas semanas, quando as medidas de isolamento social forem relaxadas?

Admirável mundo novo
Leia mais
2+

Governo pede esclarecimentos a aéreas estrangeiras sobre remarcação e reembolso de passagens

 Governo pede esclarecimentos a aéreas estrangeiras . Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), notificou seis companhias aéreas estrangeiras, solicitando esclarecimentos sobre medidas adotadas para remarcação de passagens, devolução de valores de passagens compradas e não utilizadas e fornecimento de vouchers aos consumidores.

Governo pede esclarecimentos a aéreas estrangeiras sobre remarcação e reembolso de passagens
Governo pede esclarecimentos a aéreas estrangeiras sobre remarcação e reembolso de passagens
Leia mais
0

Ações da Latam desabam e Chile avalia resgate

Ações da Latam desabam e Chile avalia resgate . As ações da Latam, a maior companhia aérea da América Latina, desabaram nesta terça-feira (26/05/2020), após a companhia solicitar a recuperação judicial nos Estados Unidos para mitigar os efeitos do coronavírus e o governo chileno avalia um resgate por considerá-la “estratégica”.

Ações da Latam desabam e Chile avalia resgate
Leia mais
1+

Latam pede recuperação judicial nos EUA

Latam pede recuperação judicial nos EUA . O que representa para o setor e o que esperar para Gol e Azul?. Notícia não foi vista com surpresa por parte do mercado; no curto prazo, analistas veem Gol e Azul se beneficiando, mas cenário é de cautela

Latam pede recuperação judicial nos EUA . O que representa para o setor e o que esperar para Gol e Azul?. Notícia não foi vista com surpresa por parte do mercado; no curto prazo, analistas veem Gol e Azul se beneficiando, mas cenário é de cautela
Latam pede recuperação judicial nos EUA

O novo coronavírus faz mais uma vítima entre as grandes companhias do setor aéreo em meio à forte queda da demanda por conta da pandemia.

O grupo Latam, maior da América Latina, e suas afiliadas no Chile, Peru, Colômbia, Equador e Estados Unidos entraram com pedido de recuperação judicial (Chapter 11) nos Estados Unidos nesta terça-feira (26), em um processo que a protege de mais de cem mil credores e de uma dívida de cerca de US$ 18 bilhões. A empresa é a segunda aérea da América Latina a fazer a solicitação em meio à crise da pandemia da covid-19; apenas duas semanas atrás, a Avianca Holdings fez um pedido similar.

A decisão de concentrar o processo nos EUA foi tomada porque o país permite que se negocie compromissos com arrendadores de aeronaves. No Brasil, por exemplo, isso não é permitido.PUBLICIDADE

Apesar das unidades do grupo no Brasil  – além de Argentina e Paraguai – não estarem envolvidas no processo de recuperação, o anúncio da companhia aérea é monitorado de perto por aqui dadas as suas grandes operações no país, a expectativa de que aconteça um socorro às empresas do setor (em que a Latam também estaria incluída) e também com os possíveis reflexos nas outras aéreas que operam aqui, mais notoriamente Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4).

Conforme destaca o Morgan Stanley, a notícia de pedido de recuperação judicial da Latam não foi exatamente uma grande surpresa por três motivos principais: i) as implicações particularmente desafiadoras da pandemia para a empresa devido à sua alta exposição ao segmento internacional de viagens de longa duração (mais de 7 horas); ii) seu alto nível de dívida com vencimento no médio prazo e iii) reportagens recentes da imprensa indicando que o pedido estava sendo considerado.

Há 10 dias, a empresa deixou de honrar o pagamento de uma parcela de um empréstimo de US$ 1 bilhão feito em 2015 para comprar 17 aeronaves. A dívida foi estruturada nos EUA – também um dos motivos para o pedido de recuperação no país.

Nos últimos dias, a Latam demitiu funcionários e tentou levantar recursos para quitar o valor devido. Contudo, essas medidas não foram suficientes e, em meio à inadimplência, as agências de classificação de risco de crédito Fitch e S&P rebaixaram a nota da empresa na última sexta-feira.

Para os analistas do Morgan Stanley, os US$ 900 milhões em financiamento potencial de grandes acionistas aumentam as perspectivas de sobrevivência da companhia aérea. As famílias sócias da empresa, a chilena Cueto (controladora, com 21,5% de participação) e a brasileira Amaro (com 2%), e a Qatar Airways (dona de 10% da aérea) deverão conceder um empréstimo até esse montante para que a Latam continue operando enquanto está em recuperação.

Por outro lado, embora o pedido de recuperação exclua o Brasil, o Morgan avalia que essa medida pode comprometer o financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), levando em consideração que uma parte do financiamento precisaria vir do mercado.

Vale destacar que, pelo fato de ser estrangeira e não ter capital aberto na bolsa brasileira, ainda não há a confirmação de que a companhia poderá participar do pacote de ajuda ao setor aéreo encabeçado pelo BNDES e com a participação dos demais bancos privados.

Contudo, segundo executivos da companhia, a não-ajuda do governo não é uma opção.

Roberto Alvo, presidente executivo do grupo, afirmou a jornalistas nesta terça-feira que o processo de recuperação judicial da empresa nos EUA poderá favorecer as negociações por um aporte do banco de fomento, que passaria a ter preferência em caso de quebra da companhia. “Esta é uma crise sem precedentes na história da aviação. Nenhuma empresa aérea poderá sobreviver sem a ajuda dos governos”, afirmou Alvo.

Entre uma das propostas aventadas pelo mercado, o BNDES teria oferecido R$ 2 bilhões para cada companhia, totalizando R$ 6 bilhões ao considerar Gol, Azul e Latam (e ficando abaixo dos R$ 10 bilhões esperados inicialmente). O financiamento contaria com a emissão de debêntures simples (75%) e bônus conversíveis em ações (25%), respectivamente. Como a Latam é listada na bolsa de Santiago, no Chile, ela teria que emitir recibos de ações (BDRs) na B3, para que os títulos tenham aderência com a legislação local.

Na mesma linha, em entrevista para o jornal O Estado de S. Paulo, Jerome Cadier, presidente da Latam no Brasil, afirmou: “a única coisa que é inviável é achar que não vai ter ajuda governamental. A ajuda dos governos, não só do Brasil, precisa vir, assim como vimos acontecer na Alemanha e nos Estados Unidos. Para mim, é inegável que virá”.

De acordo com ele, as conversas com o governo Jair Bolsonaro estão avançando, de forma a que se chegue a uma solução que também atenda a Latam. “Tem a opção de encontrar um financiamento que não obrigue a companhia a se listar aqui e tem outras opções. A gente ainda não convergiu, mas estamos analisando os prós e contras de cada opção”, apontou. A companhia espera ainda receber ajuda do governo do Chile, país sede da empresa.

Apesar do pedido de recuperação, a empresa segue em atividade, mas em escala já reduzida devido ao distanciamento social e ao fechamento de fronteiras.

Para o Morgan Stanley, “embora a Latam tenha boas perspectivas de sobrevivência, acreditamos que o resultado da reestruturação possa resultar em muito pouco valor para os atuais acionistas da empresa, de modo que uma posição cautelosa sobre as ações continua sendo justificada”.

Positivo para os pares ou um caso de “quem é a próxima”?

No final de abril, o Morgan já havia cortado a recomendação para os recibo de ações da companhia negociados em Nova York (ou ADRs, na sigla em inglês) para underweight (exposição abaixo da média), enquanto manteve a recomendação equalweight (exposição em linha com a média) para os pares brasileiros Gol e Azul.PUBLICIDADE

Os analistas destacaram ainda a preferência pela Gol dada a sua maior liquidez e também o perfil de operações de voos, com menor exposição internacional (13% ante 24% da Azul) no quarto trimestre de 2019), enquanto a Azul tinha maior participação de voos de longa distância, que devem demorar mais para se recuperar.

“A Gol também se beneficiaria de uma eventual redução da Latam uma vez que as duas companhias aéreas possuem um alto nível de sobreposição”, destacaram à época. A sobreposição de rotas entre Gol e Latam é de 80% e, entre Azul e Latam, é de 20%.

Adeodato Netto, estrategista-chefe da Eleven Financial, por sua vez, avalia que, uma vez que tem uma importância relevante no mercado internacional, há espaço importante para a Azul conquistar uma participação adicional do mercado.

Desta forma, o impacto nos pares brasileiros dependerá de como o plano de recuperação da Latam afetará os investimentos da companhia, o que seria natural em função da proteção ao interesse dos credores, avalia Netto.

O mais importante a destacar, porém, é que será necessário que as duas companhias brasileiras sigam no caminho para manter o caixa em meio ao cenário bastante complicado com a redução da demanda por conta do coronavírus. Apenas em abril, a queda no fluxo de passageiros nos principais aeroportos no Brasil foi de aproximadamente 90%, o que obrigou as companhias a tomar diversas medidas para preservar a liquidez.

A Gol e a Azul negociaram cortes salariais de 25% a 50%, adiaram capex (investimentos) não essenciais e renegociaram contratos de leasing de aeronaves, enquanto que a Medida Provisória nº 925/2020 reduziu as necessidades de capital de giro a curto prazo, pois as passagens aéreas canceladas podem ser reembolsadas em 12 meses.

Além disso, aponta o estrategista-chefe da Eleven, se houver algum tipo de suporte às companhias aéreas (caso do BNDES), isso pode ampliar ainda mais a capacidade das duas companhias de consolidarem posição de protagonismo.

“É difícil ver no curto prazo uma relação negativa para a Azul e Gol, uma vez que o ‘Chapter 11’ não é propriamente uma novidade dentro desse setor, as dificuldades de reestruturação da dívida e de apoio via BNDES já eram problemas conhecidos para a Latam e, no curto prazo, as brasileiras tendem a ser beneficiadas [em meio à menor concorrência]”, aponta Netto. Segundo o estrategista, tanto a Gol quanto a Azul possuem capacidade em seu caixa para suportar diversos meses com uma retração de frota muito grande.

Na mesma linha e também reforçando as medidas tomadas pelas aéreas brasileiras recentemente, o Morgan Stanley avalia: “Reconhecemos que as notícias de hoje possam suscitar preocupações sobre qual seria a próxima companhia aérea, mas não estamos preocupados demais. (…) A Gol e a Azul ganharam confiança adicional em sua capacidade de sobreviver à crise com base no nível reduzido de consumo mensal de caixa, posições de liquidez respeitáveis, baixos níveis de vencimentos de dívida no curto e médio prazos (apesar da Gol ter um empréstimo com vencimento em agosto) e com o potencial financiamento do BNDES”.

A Levante Ideias de Investimentos, por sua vez, aponta que a notícia da Latam acende o sinal vermelho no setor de empresas aéreas brasileiras devido ao aumento da percepção de risco do mercado.

Mas também ressalta que alguns números do setor nos Estados Unidos revelam que o pior já pode ter passado. Segundo dados da Transportation Security Administration, o número de passageiros identificados no último dia 24 de maio triplicou no com relação ao número do dia 14 de abril, passando de cerca de 87 mil passageiros para mais de 267 mil passageiros.

“O número ainda é bastante inferior aos registrados no mesmo período de 2019, mas a melhora ao menos marginal é uma luz no fim do túnel de que a tendência a partir das próximas semanas é de melhora no movimento”, avalia. Assim, o catalisador para as ações do setor seguirá sendo a duração das medidas mais rígidas de isolamento social e o aumento gradual no fluxo de passageiros nos aeroportos.

O novo coronavírus faz mais uma vítima entre as grandes companhias do setor aéreo em meio à forte queda da demanda por conta da pandemia.

O grupo Latam, maior da América Latina, e suas afiliadas no Chile, Peru, Colômbia, Equador e Estados Unidos entraram com pedido de recuperação judicial (Chapter 11) nos Estados Unidos nesta terça-feira (26), em um processo que a protege de mais de cem mil credores e de uma dívida de cerca de US$ 18 bilhões. A empresa é a segunda aérea da América Latina a fazer a solicitação em meio à crise da pandemia da covid-19; apenas duas semanas atrás, a Avianca Holdings fez um pedido similar.

A decisão de concentrar o processo nos EUA foi tomada porque o país permite que se negocie compromissos com arrendadores de aeronaves. No Brasil, por exemplo, isso não é permitido.

Apesar das unidades do grupo no Brasil  – além de Argentina e Paraguai – não estarem envolvidas no processo de recuperação, o anúncio da companhia aérea é monitorado de perto por aqui dadas as suas grandes operações no país, a expectativa de que aconteça um socorro às empresas do setor (em que a Latam também estaria incluída) e também com os possíveis reflexos nas outras aéreas que operam aqui, mais notoriamente Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4).

Conforme destaca o Morgan Stanley, a notícia de pedido de recuperação judicial da Latam não foi exatamente uma grande surpresa por três motivos principais: i) as implicações particularmente desafiadoras da pandemia para a empresa devido à sua alta exposição ao segmento internacional de viagens de longa duração (mais de 7 horas); ii) seu alto nível de dívida com vencimento no médio prazo e iii) reportagens recentes da imprensa indicando que o pedido estava sendo considerado.

Há 10 dias, a empresa deixou de honrar o pagamento de uma parcela de um empréstimo de US$ 1 bilhão feito em 2015 para comprar 17 aeronaves. A dívida foi estruturada nos EUA – também um dos motivos para o pedido de recuperação no país.

Nos últimos dias, a Latam demitiu funcionários e tentou levantar recursos para quitar o valor devido. Contudo, essas medidas não foram suficientes e, em meio à inadimplência, as agências de classificação de risco de crédito Fitch e S&P rebaixaram a nota da empresa na última sexta-feira.

Para os analistas do Morgan Stanley, os US$ 900 milhões em financiamento potencial de grandes acionistas aumentam as perspectivas de sobrevivência da companhia aérea. As famílias sócias da empresa, a chilena Cueto (controladora, com 21,5% de participação) e a brasileira Amaro (com 2%), e a Qatar Airways (dona de 10% da aérea) deverão conceder um empréstimo até esse montante para que a Latam continue operando enquanto está em recuperação.

Por outro lado, embora o pedido de recuperação exclua o Brasil, o Morgan avalia que essa medida pode comprometer o financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), levando em consideração que uma parte do financiamento precisaria vir do mercado.

Vale destacar que, pelo fato de ser estrangeira e não ter capital aberto na bolsa brasileira, ainda não há a confirmação de que a companhia poderá participar do pacote de ajuda ao setor aéreo encabeçado pelo BNDES e com a participação dos demais bancos privados.

Contudo, segundo executivos da companhia, a não-ajuda do governo não é uma opção.

Roberto Alvo, presidente executivo do grupo, afirmou a jornalistas nesta terça-feira que o processo de recuperação judicial da empresa nos EUA poderá favorecer as negociações por um aporte do banco de fomento, que passaria a ter preferência em caso de quebra da companhia. “Esta é uma crise sem precedentes na história da aviação. Nenhuma empresa aérea poderá sobreviver sem a ajuda dos governos”, afirmou Alvo.

Entre uma das propostas aventadas pelo mercado, o BNDES teria oferecido R$ 2 bilhões para cada companhia, totalizando R$ 6 bilhões ao considerar Gol, Azul e Latam (e ficando abaixo dos R$ 10 bilhões esperados inicialmente). O financiamento contaria com a emissão de debêntures simples (75%) e bônus conversíveis em ações (25%), respectivamente. Como a Latam é listada na bolsa de Santiago, no Chile, ela teria que emitir recibos de ações (BDRs) na B3, para que os títulos tenham aderência com a legislação local.

Na mesma linha, em entrevista para o jornal O Estado de S. Paulo, Jerome Cadier, presidente da Latam no Brasil, afirmou: “a única coisa que é inviável é achar que não vai ter ajuda governamental. A ajuda dos governos, não só do Brasil, precisa vir, assim como vimos acontecer na Alemanha e nos Estados Unidos. Para mim, é inegável que virá”.

De acordo com ele, as conversas com o governo Jair Bolsonaro estão avançando, de forma a que se chegue a uma solução que também atenda a Latam. “Tem a opção de encontrar um financiamento que não obrigue a companhia a se listar aqui e tem outras opções. A gente ainda não convergiu, mas estamos analisando os prós e contras de cada opção”, apontou. A companhia espera ainda receber ajuda do governo do Chile, país sede da empresa.

Apesar do pedido de recuperação, a empresa segue em atividade, mas em escala já reduzida devido ao distanciamento social e ao fechamento de fronteiras.

Para o Morgan Stanley, “embora a Latam tenha boas perspectivas de sobrevivência, acreditamos que o resultado da reestruturação possa resultar em muito pouco valor para os atuais acionistas da empresa, de modo que uma posição cautelosa sobre as ações continua sendo justificada”.

Positivo para os pares ou um caso de “quem é a próxima”?

No final de abril, o Morgan já havia cortado a recomendação para os recibo de ações da companhia negociados em Nova York (ou ADRs, na sigla em inglês) para underweight (exposição abaixo da média), enquanto manteve a recomendação equalweight (exposição em linha com a média) para os pares brasileiros Gol e Azul.PUBLICIDADE

Os analistas destacaram ainda a preferência pela Gol dada a sua maior liquidez e também o perfil de operações de voos, com menor exposição internacional (13% ante 24% da Azul) no quarto trimestre de 2019), enquanto a Azul tinha maior participação de voos de longa distância, que devem demorar mais para se recuperar.

“A Gol também se beneficiaria de uma eventual redução da Latam uma vez que as duas companhias aéreas possuem um alto nível de sobreposição”, destacaram à época. A sobreposição de rotas entre Gol e Latam é de 80% e, entre Azul e Latam, é de 20%.

Adeodato Netto, estrategista-chefe da Eleven Financial, por sua vez, avalia que, uma vez que tem uma importância relevante no mercado internacional, há espaço importante para a Azul conquistar uma participação adicional do mercado.

Desta forma, o impacto nos pares brasileiros dependerá de como o plano de recuperação da Latam afetará os investimentos da companhia, o que seria natural em função da proteção ao interesse dos credores, avalia Netto.

O mais importante a destacar, porém, é que será necessário que as duas companhias brasileiras sigam no caminho para manter o caixa em meio ao cenário bastante complicado com a redução da demanda por conta do coronavírus. Apenas em abril, a queda no fluxo de passageiros nos principais aeroportos no Brasil foi de aproximadamente 90%, o que obrigou as companhias a tomar diversas medidas para preservar a liquidez.

A Gol e a Azul negociaram cortes salariais de 25% a 50%, adiaram capex (investimentos) não essenciais e renegociaram contratos de leasing de aeronaves, enquanto que a Medida Provisória nº 925/2020 reduziu as necessidades de capital de giro a curto prazo, pois as passagens aéreas canceladas podem ser reembolsadas em 12 meses.

Além disso, aponta o estrategista-chefe da Eleven, se houver algum tipo de suporte às companhias aéreas (caso do BNDES), isso pode ampliar ainda mais a capacidade das duas companhias de consolidarem posição de protagonismo.

“É difícil ver no curto prazo uma relação negativa para a Azul e Gol, uma vez que o ‘Chapter 11’ não é propriamente uma novidade dentro desse setor, as dificuldades de reestruturação da dívida e de apoio via BNDES já eram problemas conhecidos para a Latam e, no curto prazo, as brasileiras tendem a ser beneficiadas [em meio à menor concorrência]”, aponta Netto. Segundo o estrategista, tanto a Gol quanto a Azul possuem capacidade em seu caixa para suportar diversos meses com uma retração de frota muito grande.

Na mesma linha e também reforçando as medidas tomadas pelas aéreas brasileiras recentemente, o Morgan Stanley avalia: “Reconhecemos que as notícias de hoje possam suscitar preocupações sobre qual seria a próxima companhia aérea, mas não estamos preocupados demais. (…) A Gol e a Azul ganharam confiança adicional em sua capacidade de sobreviver à crise com base no nível reduzido de consumo mensal de caixa, posições de liquidez respeitáveis, baixos níveis de vencimentos de dívida no curto e médio prazos (apesar da Gol ter um empréstimo com vencimento em agosto) e com o potencial financiamento do BNDES”.

A Levante Ideias de Investimentos, por sua vez, aponta que a notícia da Latam acende o sinal vermelho no setor de empresas aéreas brasileiras devido ao aumento da percepção de risco do mercado.

Mas também ressalta que alguns números do setor nos Estados Unidos revelam que o pior já pode ter passado. Segundo dados da Transportation Security Administration, o número de passageiros identificados no último dia 24 de maio triplicou no com relação ao número do dia 14 de abril, passando de cerca de 87 mil passageiros para mais de 267 mil passageiros.

“O número ainda é bastante inferior aos registrados no mesmo período de 2019, mas a melhora ao menos marginal é uma luz no fim do túnel de que a tendência a partir das próximas semanas é de melhora no movimento”, avalia. Assim, o catalisador para as ações do setor seguirá sendo a duração das medidas mais rígidas de isolamento social e o aumento gradual no fluxo de passageiros nos aeroportos.

No acumulado do ano (até o fechamento de segunda-feira), as ações da Gol e da Azul recuam 65,7% e 73,7%, respectivamente, enquanto o Ibovespa apresenta queda de 25,6% em 2020. Na sessão desta terça, os papéis registraram baixa em meio à cautela com o segmento, com queda de 2,46% para os ativos GOLL4 e 3,85% para os AZUL4, mas longe do pânico que poderia representar um pedido de recuperação judicial de uma grande empresa no setor.

Leia também: Lufthansa e governo alemão acertam pacote de resgate de 9 bilhões de euros (clique aqui para acessar o artigo) e Avianca com pedido de recuperação judicial (clique aqui para acessar o artigo)

Fonte: Info Money

0

Lufthansa e governo alemão acertam pacote de resgate de 9 bilhões de euros

Lufthansa e governo alemão acertam pacote de resgate de 9 bilhões de euros . Berlim passa a controlar 20% das ações da companhia aérea com bônus conversível de 5% para evitar aquisição por terceiros e proteger milhares de empregos. Crise gerada pelo coronavírus gerou enorme prejuízos à empresa.

Lufthansa e governo alemão acertam pacote de resgate de 9 bilhões de euros
Lufthansa e governo alemão acertam pacote de resgate de 9 bilhões de euros
Leia mais
0

Aeroporto no Alasca se tornou o mais movimentado do mundo — por um dia

Aeroporto no Alasca se tornou o mais movimentado do mundo . Aeroporto Internacional de Anchorage, no Alasca, foi o mais movimentado do mundo em alguns dias ao longo dos últimos meses. Pandemia tornou-o local ideal para abastecer e enviar material.

Aeroporto no Alasca se tornou o mais movimentado do mundo — por um dia
Aeroporto no Alasca se tornou o mais movimentado do mundo — por um dia
Leia mais
1+

Impactos da Pandemia para a Mobilidade Sustentável

Impactos da Pandemia para a Mobilidade Sustentável . O medo, causado pela pandemia da COVID-19 neste ano, alterou a rotina de todos. Uma movimentação global de isolamento, sugeriu a tag “stay home” ou “fique em casa” para contribuir com o controle e prevenir a contaminação e proliferação do vírus. Um cenário difícil de imaginar, se não fosse verdade. Empresas fechadas, comércio em desespero, escolas paralisadas, a implantação forçada da cultura do home office, uma sociedade com máscaras e insegurança generalizada.

Impactos da Pandemia para a Mobilidade Sustentável
Impactos da Pandemia para a Mobilidade Sustentável
Leia mais
2+

Avianca com pedido de recuperação judicial

Avianca com pedido de recuperação judicial . A empresa aérea colombiana Avianca Holdings entrou com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos. Em nota, a empresa afirmou que os impactos financeiros trazidos pela pandemia do novo coronavírus fizeram a empresa apresentar o pedido no Tribunal de Falências dos Estados Unidos.

Avianca com pedido de recuperação judicial
Avianca com pedido de recuperação judicial
Leia mais
1+

A Bicicleta nesses Tempos tão Difíceis

A Bicicleta nesses Tempos tão Difíceis . Logo no início da pandemia, a imagem de satélite mostrando a drástica redução dos níveis de poluição da China, durante as restrições impostas às atividades de transporte e de negócios, já anunciava um presságio de uma grande transformação que estaria por vir. Uma transformação global, novos hábitos foram criados, a forma de trabalho, de estudo e de consumo foi reinventada.

A Bicicleta nesses Tempos tão Difíceis. Foto originalmente publica no Portal G1
A Bicicleta nesses Tempos tão Difíceis – Europa incentiva o uso de bicicleta após o desconfinamento
Leia mais
7+

Nova página sobre Mobilidade no Blog Rogerio

Nova página sobre Mobilidade no Blog Rogerio . Uma grande novidade para a(o)s amiga(o)s e leitora(e)s deste Blog. Atento ao que acontece no Brasil e no Mundo abro um espaço para falarmos sobre Mobilidade Urbana e soluções do que se faz por aqui e lá fora também. Meu foco é sempre foi Logística, em especial a da Última Milha.

Para “arejar” este novo espaço e trazer idéias novas, nada melhor que uma pessoa que pratica o ciclismo. E para isto convidei a Fernanda Goulart Leques, porto alegrense como eu.

Nova página sobre Mobilidade no Blog Rogerio terá a colaboração da engenheira Fernanda Goulart Leques

Foto: Eduardo Macedo
Nova página sobre Mobilidade no Blog Rogerio terá a colaboração da engenheira Fernanda Goulart Leques
Leia mais
6+

Mercado Livre dispara em NY após balanço

Mercado Livre dispara em NY após balanço . Ações de varejistas com forte atuação no comércio eletrônico figuravam entre as maiores altas do Ibovespa nesta quarta-feira, após crescimento relevante da receita do Mercado Livre no primeiro trimestre, que fazia disparar em Nova York os papéis do maior portal de vendas online da América Latina.

Mercado Livre dispara em NY após balanço
Mercado Livre dispara em NY após balanço
Leia mais
1+

Mercado Livre investirá R$4bi no Brasil

Mercado Livre mantem investirá R$4bi no Brasil . O Mercado Livre deve manter o plano de investir cerca de 4 bilhões de reais no Brasil em 2020, uma vez que a alta no comércio eletrônico provocada pelas medidas de isolamento social deve compensar os efeitos negativos do coronavírus em seu principal mercado, disse um executivo da companhia.

Mercado Livre investirá de R$4bi no Brasil
Leia mais
2+

Uso de scooters elétricas na logística das entregas

Uso de scooters elétricas na logística das entregas . Com a popularização dos serviços de entrega e logística, o uso de scooters elétricas tem grande potencial de crescimento: em 2017, o mercado foi avaliado em 17,630 bilhões de dólares, com taxa de crescimento anual composta prevista em 12,8% até 2026.

Uso de ‘scooters’ elétricas na logística das entregas Original publicado pela ABRALOG
Uso de scooters elétricas na logística das entregas
Leia mais
2+

Logística expressa está em ritmo de Black Friday

As empresas de logística expressa estão em ritmo de Black Friday antecipada, com a alta das compras on-line de remédios, alimentos e até de eletrodomésticos. O volume de entregas em abril quase dobra em relação a março. Há empresas ampliando o número de entregadores e planejando ampliar a capacidade de armazenagem, mas há também quem estude adiar investimentos, pois os custos operacionais cresceram com os cuidados para combater a covid-19.

Logística expressa está em ritmo de Black Friday
Leia mais
2+

Com coronavírus GE demitirá até 13 mil funcionários da unidade de aviação

Com coronavírus GE demitirá até 13 mil funcionários da unidade de aviação . A General Eletric Aviation afirmou nesta segunda-feira que planeja reduzir globalmente sua força de trabalho em até 25%, o equivalente a até 13 mil empregos , entre demissões e desligamentos voluntários. A decisão é resultado do corte prolongado na produção de aeronaves em razão da pandemia do novo coronavírus explicou a companhia.

Com coronavírus GE demitirá até 13 mil funcionários  da  unidade de aviação
Com coronavírus GE demitirá até 13 mil funcionários da unidade de aviação
Leia mais
1+

A transformação digital na logística pós-pandemia

Mudanças profundas no mercado de logística estão chegando… As empresas brasileiras estão preparadas?

Segundo pesquisa divulgada recentemente pela NTC&Logística, o transporte rodoviário de cargas no Brasil já despencou 44% desde o início da epidemia, o que provocou a redução do faturamento de 87% das empresas do setor. Isso significa que muitas transportadoras irão fechar e que o preço médio do frete irá subir em consequência da redução da concorrência e do aumento dos custos gerado pelas dificuldades de movimentação.

A transformação digital na logística pós-pandemia
Leia mais
3+

A bolha das startups estourou?

A bolha das startups estourou? A pandemia força o mercado a rever os investimentos sem retorno nas novatas de tecnologia, e especialistas preveem um cenário turbulento para as companhias.

Não se assuste se, no futuro, um jargão atual do mercado financeiro como “unicórnio” virar sinônimo de palavra que caiu em desuso — ou que, no máximo, será lembrada por representar um animal mitológico. Se hoje é referência para definir as startups que possuem avaliação de preço de mercado acima de 1 bilhão de dólares, no futuro o termo pode não ser lembrado mais dessa forma.

A bolha das startups estourou?
A bolha das startups estourou?
Leia mais
2+

Aéreas exigirão uso de máscaras pelos passageiros

Aéreas exigirão uso de máscaras pelos passageiros . Depois de serem criticadas por pilotos e comissários de bordo por não fazerem mais para proteger seus funcionários, esta semana grandes companhias aéreas dos EUA e do mundo anunciaram que vão exigir que seus tripulantes e passageiros usem máscara.

Aéreas exigirão uso de máscaras pelos passageiros  fonte: Olhar Digital
Aéreas exigirão uso de máscaras pelos passageiros
Leia mais
2+

Feliz Dia do Trabalho Logística(o) 2020

Feliz Dia do Trabalho Logística(o) 2020 . Vi esta imagem na capa do Jornal português Publico em homenagem ao Dia do Trabalho e não pude deixar de associar aos milhares de trabalhadora(e)s logística(o)s que neste momento estão trabalhando em todo Brasil e no Mundo para não deixar faltar nada em nossos lares, hospitais e empresas.

Feliz Dia do Trabalho Logística(o) 2020 capa do jornal Publico  de Portugal edição de 01/05/2020
Feliz Dia do Trabalho Logística (o) 2020 – Fonte Jornal Público Portugal
Leia mais
2+

Mercado Livre cortará investimentos mesmo crescendo na Covid19

Mercado Livre cortará investimentos mesmo crescendo na Covid19 . Setor financeiro avançando a ritmo lento motivou empresa a cortar os R$ 4 bilhões que seriam aportados no País em 2020; na área de logística, contratações foram aceleradas.Nem mesmo uma das empresas mais resilientes para atravessar a crise causada pela pandemia da covid-19 deve concretizar seu plano de investimentos neste ano.

Apesar de crescer durante pandemia, Mercado Livre cortará investimentos Stelleo Tolda
Os pagamentos com QR Code, que só pode ser feitos em compras físicas, estão sofrendo mais, diz Tolda. Foto: Werther Santana/Estadão
Leia mais
0

Via Varejo compra ASAPLog tecnologia logística

Via Varejo compra ASAPLog tecnologia logística . Companhia não revelou o valor do negócio, embora tenha informado que ele é ‘um passo importante’ na transformação digital.

A Via Varejo, dona da Casas Bahia e Ponto Frio, anunciou nesta segunda-feira (27) a compra da startup curitibana ASAPlog, especializada em soluções de logística urbana e conexão de transportadoras em etapas de longas distâncias. A companhia não revelou o valor do negócio, embora tenha informado que ele é “um passo importante na transformação digital” da Via Varejo e que atua em escala nacional.

Via Varejo compra ASAPLog tecnologia logística
Casas Bahia na Black Friday do ano passado — Foto: Marcelo Brandt/G1
Leia mais
1+

Embraer reajusta produção após fim do acordo com a Boeing

 Embraer reajusta produção após fim do acordo com a Boeing . A Embraer informou neste domingo, 26/04/2020, que, após o fim do acordo de US$ 4,2 bilhões com a Boeing ,  trabalha para ajustar os seus níveis de produção e as despesas de capital para economizar recursos.

Embraer reajusta produção após fim do acordo com a Boeing
Embraer reajusta produção após fim do acordo com a Boeing
Leia mais
2+

Airbus alerta funcionários de que precisa reduzir gastos

Airbus alerta funcionários de que precisa reduzir gastos  .O diretor-executivo da Airbus, Guillaume Faury, alertou os funcionários que a fabricante de aviões está “gastando muito dinheiro” e precisa reduzir rapidamente os custos para se adaptar a uma indústria aeroespacial radicalmente atingida pela pandemia de coronavírus.

Airbus alerta funcionários de que precisa reduzir gastos
Airbus alerta funcionários de que precisa reduzir gastos 
Leia mais
1+

Isolamento social em aviões

Isolamento social em aviões. Tentando se adaptar ao novo normal, que virá nos primeiros meses após a pandemia e ninguém sabe até quando vai durar, diversas empresas têm elaborado novos conceitos para as viagens. Um dos objetivos de tudo isso é fomentar a demanda e dar conforto aos passageiros a bordo das aeronaves, uma vez que muitas pessoas ainda terão receio de viajar próximas de outras por algum tempo.

Isolamento social em aviões - Alternativa de divisórias
Isolamento social em aviões – Alternativa de divisórias
Leia mais
2+

Virgin Australia vitimada pelo coronavírus

Virgin Australia vitimada pelo coronavírus . A Virgin Australia sucumbiu ontem 21/04/2020 (terça-feira) a uma reestruturação liderada por terceiros que poderia levar a uma venda — o que transformou a segunda companhia aérea da Austrália na primeira grande vítima, na região da Ásia-Pacífico, da crise do coronavírus que afeta a indústria.

Virgin Australia vitimada pelo coronavírus Fonte: O Globo Economia
Virgin Australia vitimada pelo coronavírus
Leia mais
2+

Richard Branson pede ajuda do governo

Richard Branson pede ajuda do governo . A mensagem foi enviada em uma carta do empresário aos seus 70.000 funcionários da Virgin Atlantinc e Virgin Australia em 35 países para informar que “ele está trabalhando dia e noite” para fazer o possível embora “nenhum dinheiro esteja entrando e muito esteja saindo”. A situação deve-se à paralisação nos serviços provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Richard Branson pede ajuda do governo
Richard Branson pede ajuda do governo
Leia mais
2+

Logística depois da pandemia

Logística depois da pandemia . O mundo não será o mesmo depois que passar todo este processo da pandemia do novo coranavírus , o Covid-19 e o isolamento social. Quais impactos sociais e econômicos que teremos depois que este furacão passar? Não temos como mensurá-los mas podemos que serão enormes e impactantes em quase todos os setores.

Logística depois da pandemia -  A mobilidade na palma da mão
Logística depois da pandemia – A mobilidade na palma da mão
Leia mais
2+

As Aéreas vão sobreviver a pandemia

As Aéreas vão sobreviver a pandemia . Fiquei em dúvida como pontuar a frase. Afirmativa, exclamação ou interrogação? Trabalhei muito tempo ligado à aviação, 5 anos em uma agência de viagens a Continental Turismo do meu querido e saudoso amigo, líder e padrinho Moacir Zandonai em Porto Alegre na minha adolescência. e início da fase adulta. Durante este período conheci o funcionamento da cias aéreas e toda complexa engrenagem do turismo.

As Aéreas vão sobreviver a pandemia
South Africa Aiways vai demitir todos funcionários e fechará as portas
Leia mais
2+

Drones no combate ao Coronavírus

Drones no combate ao Coronavírus. Três exemplos de como a criatividade e tecnologia podem auxiliar no combate à pandemia do novo Coronavírus, o Covid19. São iniciativas que foram adotadas de forma isolada mas se usadas de forma integrada permitiriam um ação integrada e com melhores resultados.

1. Drone dando mensagens de alerta para a população

Drones no combate ao Coronavírus - Equipamento com alto falantes
Drones no combate ao Coronavírus – Equipamento com alto falantes
Leia mais
2+

Transportadoras 70% no vermelho e com 40% menos de carga

Transportadoras 70% no vermelho e com 40% menos de carga . Duas novas pesquisas do setor de transportes confirmam o forte impacto dos efeitos da pandemia de coronavírus na logística do Brasil. Um dos estudos, divulgado nesta terça-feira (7/4) pela NTC&Logística, mostra que a redução no volume de cargas nas estradas é de 38,69%

Transportadoras 70% no vermelho e com 40% menos de carga Fonte Globo Rural
Transportadoras 70% no vermelho e com 40% menos de carga
Leia mais
1+

7 livros inesquecíveis – Execução – A Disciplina Para Atingir Resultados

Execução – A Disciplina Para Atingir Resultados . Este é um livro sobre como fechar a lacuna entre os resultados prometidos e os alcançados. Realizações bem-sucedidas resultaram da prática voltada para a execução: unir pessoas, estratégia e operações – os três processos-chave de cada neg

“A prática e a teoria juntam forças e o resultado é um livro muito interessante sobre como fazer acontecer.”

JACK WELCH

Leia mais
2+

Minha história

Minha história. Um relato íntimo, poderoso e inspirador da ex-primeira-dama dos Estados Unidos. O livro que já vendeu mais de 10 milhões de exemplares no mundo e está há mais de 50 semanas na lista de mais vendidos da Veja. Com uma vida repleta de realizações significativas, Michelle Obama se consolidou como uma das mulheres mais icônicas e cativantes de nosso tempo.

Minha história de Michelle Obama ex-primeira dama dos Estados Unidos da América
Minha história
Leia mais
1+

Tintura de cabelo novidade do e-commerce na quarentena

Tintura de cabelo novidade do e-commerce na quarentenaPrimeiro foram o álcool em gel, desinfetantes e papel higiênico. Agora, tinturas e máquinas de cortar cabelo estão voando das prateleiras. Nas últimas semanas, o padrão de compras dos norte-americanos está mostrando como a pandemia do novo coronavírus continua evoluindo e afetando nossas vidas.

Tintura de cabelo novidade do e-commerce na quarentena Foto: Martijn Baudoin/Unsplash
Tintura de cabelo novidade do e-commerce na quarentena
Leia mais
2+

Você corre em linha reta ou em círculos ?

Você corre em linha reta ou em círculos ? Racionalmente sua resposta será em linha reta claro! É a distância mais curta. Mas na vida real como é na prática ?

As pessoas tem a sensação de correr, correr e não sair do lugar. Parece que estão correndo naquelas rodas de hamsters. É impressionante como este efeito se repete rotineiramente na maioria das pessoas. E na gestão do tempo é a mesma coisa.

Você corre em linha reta ou em círculos. Gestão de temoi
Você corre em linha reta ou em círculos ?
Leia mais
2+

Feliz Páscoa 2020!

Feliz Páscoa 2020! Meus parabéns a toda(o)s amiga(o)s do Blog Rogério nesta Páscoa isolada! A Páscoa vivenciada de forma virtual, digital e através das redes sociais!

Feliz Páscoa 2020! Uma pascoa isolada e virtual!
Feliz Páscoa!

A Páscoa de 2020 vai ficar marcada nos corações e mentes de todos. Isolados em suas casas e alguns separados fisicamente de filhos e netos, definitivamente está não será uma Páscoa convencional.

Leia mais
1+

Só e-commerce salva?

Só e-commerce salva? Em tempos de pandemia com boa parte do comércio fechado as alternativas parecem restritas. Será?

Se você tem restaurante ou comercializa alimentos ou hortifrúti, existem varias outras possibilidades como delivery próprio ou terceirizado ou ainda o uso de apps.

Mas para os demais produtos, o e-commerce é sem dúvida o melhor caminho.

Só e-commerce salva?
Só e-commerce salva?
Leia mais
2+

Logística enfrenta pandemia com inovação

Logística enfrenta pandemia com inovação.A pandemia de COVID-19 mudou a forma como as pessoas vivem, trabalham, se relacionam. A logística, setor tão fundamental para o funcionamento de todos os demais, também está passando por mudanças. 

Toda estrutura e processos que eram tão comuns, precisaram passar por adaptações e as empresas que trabalham nessa área estão buscando por soluções para executar o seu serviço de forma eficaz, garantindo o abastecimento e a continuidade de atividades essenciais

Logística enfrenta pandemia com inovação dino / dino
Logística enfrenta pandemia com inovação
Leia mais
2+

Fique calmo (a) mas se mexa

Fique calmo (a) mas se mexa ! Neste bombardeio de más notícias da pandemia é preciso manter a tranquilidade para enfrentar a tempestade e conseguir tomar as melhores decisões em um ambiente de muitas transformações repentinas e inesperadas.

Em um ambiente assim, a pior decisão é ficar parado, imóvel e congelado. Não fazer nada é quase ser condenado a morte. Seja do ponto profissional quanto de negócios.

Fique calmo (a) mas se mexa
Fique calmo (a) mas se mexa
Leia mais
1+

A logística em tempos de Covid19

A logística em tempos de Covid19 . O isolamento social prejudica a circulação de passageiros, mas impulsiona negócios de entregas rápidas de alimentos e de todo tipo de mercadorias Cidades vazias, lojas fechadas, população isolada. Assim como muitas atividades econômicas, a logística nunca mais será como antes da pandemia de coronavírus.

A logística em tempos de Covid19 . QUARENTENA Movimento no Uber e em outros aplicativos de transporte de passageiros cai 60% em março: cidades vazias (Crédito: /Jeenah Moon ORG XMIT)
A logística em tempos de Covid
Leia mais
1+

DPD entrega de 1 tonelada de materiais doados a hospitais em Lisboa

DPD entrega de 1 tonelada de materiais doados a hospitais em Lisboa . A DPD estabeleceu uma parceria com as entidades Tech4Covid19 e APT3D para fazer chegar a profissionais de saúde os resetivos equipamentos de proteção individual, bem como lençóis, toalhas e outros materiais para o hospital de campanha do Santa Maria, instalado no Está

DPD entrega  de 1 tonelada de materiais doados a hospitais  em Lisboa
DPD entrega de 1 tonelada de materiais doados a hospitais em Lisboa
Leia mais
0

Covid19: App do governo cria funções para caminhoneiros

Covid19: App do governo cria funções para caminhoneiros . Covid-19: App do ministério da infraestrutura cria funções para apoiar caminhoneiros nas estradas.

aplicativo InfraBR para apoio dos caminhoneiros ganhou duas funcionalidades lançados pelo Ministério da Infraestrutura, com apoio do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), As novas funções vão ajudar os motoristas a enfrentar as dificuldades causadas pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Covid19: App do governo cria funções para caminhoneiros . Agora, os  profissionais do transporte de cargas têm acesso às informações sobre o funcionamento de serviços essenciais nas estradas, como restaurantes e postos de combustíveis (Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Covid19: App do governo cria funções para caminhoneiros
Leia mais
0

Avião russo chega com ajuda nos EUA

Avião russo chega com ajuda nos EUA . Dmitri Peskov, Vladimir Putin, e Donald Trump falaram sobre essa ajuda durante uma conversa por telefone na segunda-feira.

O Antonov que é um dos maiores aviões cargueiros do mundo foi enviado pela Rússia carregado com ajuda humanitária.

Chegou ao Aeroporto Internacional John F. Kennedy em Nova York nesta quarta-feira, informou a missão russa na ONU. O momento é extremamente delicado em que a pandemia do novo coronavírus já deixou mais de 4.500 mortos nos Estados Unidos.

Avião russo chega com ajuda nos EUA. Antonov levou material e equipamentos da China para ajudar os americanos no combate a pandemia.
Avião russo chega com ajuda nos EUA

O Ministério da Defesa russo havia indicado que o carregamento consistia em “máscaras médicas e equipamentos médicos”.

De acordo com o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e dos Estados Unidos, Donald Trump, falaram sobre essa ajuda durante uma conversa por telefone na segunda-feira.

A Rússia enviou na semana passada aviões com virologistas, equipamentos médicos e de laboratório e sistemas de desinfecção móveis para a Itália, onde a Covid-19 matou mais de 12.400 pessoas.

Os Estados Unidos, principal potência mundial, já têm mais de 205.000 casos do novo coronavírus, incluindo 4.500 mortes, segundo uma contagem da Universidade Johns Hopkins.

Esta ação é mais uma comprovação de como a Logística é fundamental no combate à pandemia do novo Coronavírus, o COVID19. Profissionais de logística devem ter papel de destaque na coordenação da sociedade e governo na luta a esta grave doença que praticamente paralisou o mundo já a algum tempo. Clique aqui e acesse o meu outro post sobre o tema

Fonte: Jornal Correio do Povo

2+

Delivery na China com o Coronavírus

Delivery na China com o Coronavírus . A força do delivery na China é impressionante . Já comentei em post anterior a quantidade de postos de trabalho que a atividade de entrega a domicílio gera naquele país com uma média de quase uma entrega semanal em cada lar chinês (clique aqui e leia o artigo completo).

Delivery na China com o Coronavírus. Crescimento foi de 18% em comparação com o mesmo período do ano passado.
A força doDelivery na China com o Coronavírus
Leia mais
1+

iFood cria fundo para ajudar entregadores

iFood cria fundo para ajudar entregadores . Quem entrar em quarentena ou contrair o covid-19 poderá pedir auxílio para a startup; veja como as startups brasileiras de entrega estão lidando com a nova epidemia

A startup brasileira de entregas de refeições iFood anuncia, na manhã deste sábado, 14, a criação de um fundo de R$ 1 milhão para ajudar os entregadores que entrarem em quarentena ou contraírem o novo coronavírus.

iFood cria fundo para ajudar entregadores . Quem entrar em quarentena ou contrair o covid-19 poderá pedir auxílio para a startup; veja como as startups brasileiras de entrega estão lidando com a nova epidemia
iFood cria fundo para ajudar entregadores

A notícia foi revelada por Diego Barreto, diretor financeiro da startup, com exclusividade ao Estado. Segundo a empresa, o fundo será gerido com ajuda da ONG Ação da Cidadania, que será responsável pela distribuição de recursos aos entregadores.

Leia mais
1+

Interrupção de voos internacionais em São Paulo

Interrupção de voos internacionais em São Paulo  . Além de queda de 80% nos voos nacionais. O sistema aéreo é um dos setores mais afetados pela pandemia do novo coronavírus. e o secretário de Turismo de São Paulo, Vinicius Lummertz, prevê um cenário dramático para abril e maio. Ele disse que a tendência é que todos os voos internacionais com destino ao Brasil sejam interrompidos.

Interrupção de voos internacionais em São Paulo
Leia mais
1+

Produtivo no home office

Produtivo no home office. Cinco passos para ser produtivo no home office durante pandemia de coronavírus. “Empresas que não vêm o home office como possibilidade devem repensar seu posicionamento”, afirma especialista.

Produtivo no home office. 5 passos para ser mais produtivo no home oficce durante a crise do Coronavírus publicado originalmente no Portal Administrativos
Produtivo no home office

Nos últimos dez anos, o home office virou tendência entre escritórios de todo o mundo. Com a pandemia global de coronavírus, o tema ganhou ainda mais relevância, já que impacta na saúde e no bem-estar dos colaboradores, em produtividade, economia de recursos e até na gestão de pessoas.

Segundo Lucas Oggiam, diretor da Michael Page, consultoria especializada no recrutamento de alta e média gerência, “Empresas que não vêm o home office como possibilidade devem repensar seu posicionamento. O modelo alternativo de trabalho é fundamental para enfrentarmos situações de instabilidade sem colocarmos a saúde dos profissionais ou as atividades da instituição em risco. Mas, no Brasil, nem todas as corporações têm uma cultura de trabalho remoto consolidada. É importante ressaltar que a implantação do home office deve dar atenção aos detalhes, pois isso está diretamente relacionado à segurança de dados da companhia (compliance), à preocupação com excelência em serviços e relacionamento, performance e até na dedicação ao negócio”.

Em outras palavras: o trabalho à distância pode deixar de ser um benefício e se tornar um risco trabalhista se não for bem conduzido. Demanda orientações das empresas para garantir segurança e eficiência, ao mesmo tempo em que envolve autorresponsabilidade e dedicação dos profissionais.

O consultor Lucas Oggiam elaborou 5 dicas para que profissionais obtenham bom desempenho trabalhando de casa. Confira:

1. Escolha um ambiente que reflita seu local de trabalho

Evitar barulho excessivo e muitas distrações é um dos pontos centrais para conseguir manter a produtividade durante o trabalho remoto. O mais indicado é escolher um ambiente que remeta ao local de trabalho da empresa, que seja confortável, afinal, é muito mais difícil ter concentração em meio ao incômodo e, principalmente, que disponha dos equipamentos necessários para a realização das atividades diárias, ponto que deve ser previamente combinado com a empresa, caso haja a necessidade de materiais extras.

2. Alinhe expectativas e procedimentos com a empresa

O primeiro passo para acertar no alinhamento de expectativas é a confiança entre empresa/gestor e equipes/colaboradores. Deve estar claro na política de home office o que a empresa espera das pessoas neste quesito. O empregador precisa orientar se é preciso estar conectado o tempo todo, quanto tempo de refeição o colaborador terá e explicar em quais dias os profissionais poderão fazer uso do benefício, entre outros. Já o profissional deve ser claro quanto às suas responsabilidades e cumprir com os acordos firmados, caso contrário, perderá credibilidade perante seus gestores – principalmente em situações emergenciais, em que a equipe deve estar engajada para continuar obtendo resultados.

3. Crie uma agenda e compartilhe com a equipe

A agenda compartilhada é uma ferramenta importante para o controle de atividades que foram ou devem ser realizadas. Além de orientar a equipe, também pode ser útil para evitar interrupções durante o expediente, que desconcentram os profissionais. Basta adicionar um status de disponibilidade.

4. Evite trabalhar de pijama

Embora a prática seja comum, trabalhar de pijama condiciona o cérebro a diminuir o ritmo das atividades. O conforto extra pode deixar o profissional mais lento, o que abre brechas para a distração. O mais indicado é prosseguir com a rotina do trabalho presencial e vestir roupas leves – exceto em casos de reuniões virtuais, que demandam traje adequado.

5. Cumpra com o horário de trabalho

Estar em casa abre portas para inúmeras distrações, sejam com a família, com os animais ou com demais questões pessoais. É importante delimitar um horário de trabalho e segui-lo corretamente para evitar queda de produtividade e acúmulo de tarefas. Para funcionar, o home office exige disciplina e organização, caso contrário, é fácil perder prazos.

Produtivo no home office , publicado originalmente com o titilo “

1+

Coronavírus sobrevive por até 3 dias

Coronavírus sobrevive por até 3 dias . O Novo Coronavírus pode se manter vivo por até 3 dias nas embalagens de papelão ou plástico ou na maçaneta de metal.

Coronavírus sobrevive até 3 dias . A encomenda vinda da China não foi responsável por espalhar o vírus - Ina Fassbender/AFP
Coronavírus sobrevive por até 3 dias  Imagem: Ina Fassbender/AFP

coronavírus pode sobreviver por até 72 horas em materiais como o plástico e metal inoxidável. Em papelão, ele pode durar 24 horas, indica estudo feito por pesquisadores do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas e da Universidade de Princeton, ambos dos Estados Unidos. Já no cobre, ele dura só quatro horas, e no ar, três.

Divulgada na quarta-feira (11/03/2020), a pesquisa analisou o tempo de vida do novo coronavírus fora do corpo humano. As informações podem dar pistas sobre como o vírus se transmite com rapidez.

Com a preocupação da população começou uma corrida desenfreada por álcool gel que gera por sua vez uma especulação com altas abusivas se preços de um lado e prateleiras vazias de outro lado com compras exageradas e por ironia o medo de faltar gera a escassez do produto e retroalimenta a subida dos preços.

Eu publiquei há poucos dias atrás um post baseado na minha experiência em logística hospitalar, onde vivenciei duas grandes crises a SARS e a N1H1.

E o que de fato funciona mesmo para reduzir o ciclo de infecção hospitalar é a boa e velha lavagem das mãos, desde que feita corretamente. (clique aqui e veja o post completo)

Fonte: Tilt /UOL

2+

Combata Coronavirus lave as mãos

Combata Coronavirus lave as mãos . Vou desviar dos temas  que normalmente abordo aqui para falar do assunto do momento . Estou vendo várias pessoas repassar de boa fé as recomendações do famoso professor Dr. Fulano de tal da universidade chinesa Xpto para curar a doença tomando chá disto rodela daquilo.

Combata Coronavirus lave as mãos Durante 20 segundos e use sabão ou sabonetes
Combata Coronavirus lave as mãos
Leia mais
2+

Desafio da logística C2C

Desafio da logística C2C. Se você acha que a logística hoje está desafiadora e é para os fortes, se prepare bem! Vem aí uma nova onda: a logística C2C (consumidor para consumidor) ou P2P (Peer to Peer).

.

Desafio da logística C2C

Provavelmente Você viveu a logística de empresa para empresa (B2B), se já atua há tempo no mercado e neste momento está atuando em alguma atividade de logística ou transporte focada no comércio eletrônico “B2C” ou seja empresas vendendo direto para os consumidores finais. 

Mas as plataformas ou marketplaces estão de olho no empreendedorismo informal. O desafio da logística C2C. 

A economia informal vem crescendo a taxas superiores ao do comércio formal e com as redes sociais a venda direta entre pessoas físicas está subindo a cada dia.

O entrave era encontrar compradores através dos métodos convencionais. Era caro, demorado e o risco de tomar calote fazia parte do negócio.

As plataformas de comércio eletrônico deram respostas para todas estas angústias. Classifica quem é bom fornecedor na medida em que vai fechando suas vendas. Então o comprador em potencial  sabe se ele vende bem e entrega o produto prometido na data acordada. Se dá suporte e o consumidor ainda só tem o seu pagamento feito depois de confirmar se tudo chegou conforme prometido.

Por outro lado, o vendedor acessa uma esquema logístico completo e com meios de pagamento como se fosse uma empresa já madura, o que aumenta sua chance de êxito. 

O marketing para divulgar seus produtos ou serviços fica acessível através das redes sociais como o Instagram e Facebook, além das páginas personalizadas das plataformas de comércio eletrônico.

Não se deve desprezar o poder de mobilização dos grupos de WhatsApp reunidos a partir de interesses comuns como por exemplo empresas, escolas e condomínios.

Esta  nova modalidade de comércio eletrônico   já é chamado de  e-commerce social. E vai exigir mudanças dos principais players do mercado logístico. 

A tendência é surgimento de portais e sites focados na venda de itens usados como roupas e acessórios e produtos artesanais. Mas isto é só o começo.

Afinal as novas gerações estão se desapegando e com o aumento da consciência de como é importante reusar e reciclar novos negócios estão surgindo e muitos outros nascerão.

Desafio da logística C2C . Fique atento! 

2+

Correios criam entrega no vizinho

Correios criam entrega no vizinho . Encomendas agora podem ser enviadas com opção “entrega no vizinho” . Os Correios lançaram uma nova opção de entrega apelidada de “entrega no vizinho”.

Correios criam entrega no vizinho
Correios criam entrega no vizinho

A funcionalidade permite ao remetente indicar um endereço alternativo para o recebimento  de encomendas, desde que seja próximo ao destino prioritário. O serviço não tem custo adicional e está disponível para todo o país.

Leia mais
2+